Nobel de Física explica ciência por meio de violão para alunos no Brasil

nobel-de-fisica

Para tornar uma palestra sobre física mais interessante para adolescentes do ensino médio, o vencedor do Prêmio Nobel de Física de 2007, Peter Grünberg, usou um violão como objeto de demonstração.

Mesmo sofrendo de Parkinson e Alzheimer, o físico alemão de 71 anos tocou o instrumento diante de estudantes do Colégio Etapa, em São Paulo, na tarde desta segunda-feira (8), para falar sobre os desafios da ciência.

Grünberg e o francês Albert Fert descobriram em 1988 a magnetorresistência gigante, que deu origem a discos rígidos de dimensões reduzidas e a dispositivos pequenos que possuem grande capacidade de armazenamento.

A descoberta não tardou a chegar às tecnologias do dia-a-dia, como o tocador iPod, da Apple. “Eu nunca tive a chance de experimentar um iPod”, admite Grünberg.

Ele reconhece que já estava esperando ganhar um Prêmio Nobel, devido às especulações. “No início, eu nunca imaginei que pudesse ganhar um Nobel, porque existem muitos competidores. Depois, quando começaram a falar sobre essa possibilidade, passei a acreditar”, disse.

Durante a palestra, Grünberg mostrou a sua preocupação com o meio ambiente. Como aviões precisam de muito combustível para se locomover, ele citou a videoconferência como uma descoberta que ajuda a evitar esse tipo de desperdício. Ele mesmo admitiu que usa o programa Skype para realizar reuniões.

Esta é a terceira vez que Grünberg visita o Brasil.

“Gosto muito daqui. As pessoas são muito simpáticas”, disse. Na noite desta segunda-feira (8), ele embarca de volta para a Alemanha. Como recordação, Grünberg fez questão de levar um pacote de café brasileiro para casa.

fonte: G1


Tags: , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email