Botafogo espera anunciar Caio Júnior como novo treinador, nesta tarde

caio-junior

Por enquanto não é oficial, mas o Botafogo considera quase certa a contratação de Caio Júnior para substituir Joel Santana, que pediu demissão na terça-feira.

Nesta tarde, haverá uma reunião do representante do treinador com dirigentes alvinegros em General Severiano para fechar o contrato até o fim de 2011. A ideia é que o treinador comande o Alvinegro no duelo de sábado contra o Boavista, em Macaé.

Aos 46 anos, Caio estava no Al Gharafa, no Qatar, desde 2009 e saiu do clube há duas semanas. O técnico chega ao Brasil na sexta-feira, mas a tendência é que a comissão técnica indicada por ele se antecipe e comande a atividade na manhã de sexta-feira, em General Severiano. Um dos motivos da pressa é a ausência do auxiliar Jair Ventura, filho do ex-jogador Jairzinho, que está no Equador com a Seleção Brasileira Sub-17.

A primeiraopção do Botafogo era Adílson Batista. O treinador foi procurado, mas agradeceu o convite e disse que considera “complicado” assumir qualquer clube brasileiro no momento após as curtas passagens por Corinthians (no fim de 2010) e Santos (no início deste ano).

De novo no lugar de Joel
Ao assumir o comando do Botafogo, Caio Júnior terá sua segunda experiência no futebol do Rio de Janeiro, e novamente na vaga de Joel, que trocou a Gávea pela seleção da África do Sul. Em 2008, ele se apresentou com o Flamengo quase quase classificado às quartas de final. Disse que sonhava com o título mundial.

Mas no jogo seguinte, o Flamengo perdeu por 3 a 0 para o América-MEX, no Maracanã, e Caio herdou do técnico demissionário a missão de reestruturar uma equipe destroçada emocionalmente.
Caio Júnior iniciou o Brasileiro de forma arrasadora e manteve o time na liderança até a virada de turno.

Porém, com as saídas de Marcinho, Souza e Renato Augusto, o time caiu de rendimento e terminou o campeonato na quinta posição, fora da zona de classificação para a Libertadores. Ele deixou o clube no fim de 2008 e seguiu para o Japão, onde treinou o Vissel Kobe até julho de 2009.

A rápida passagem pelo futebol nipônico serviu de trampolim para o Al Gharafa. Com passagens por Palmeiras, Paraná e Juventude, o técnico retorna ao país para tentar seu primeiro título nacional de grande expressão e se juntar ao Botafogo na disputa pelo bicampeonato carioca.

fonte: Gustavo Rotstein


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email