Inmetro divulga resultado final de concurso

Concurso

O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) divulgou nesta segunda-feira (4) o resultado final do concurso para 253 vagas – 164 de nível superior e 89 de nível médio.

Os salários vão de R$ 1.678,28 a R$ 7.563 – clique aqui para ver o resultado. O concurso teve 15.492 inscritos.

Com a homologação, passa a contar a partir desta segunda-feira a validade do concurso, que é de um ano e seis meses, podendo ser prorrogada pelo mesmo período.

Os cargos de nível superior são de analista executivo e pesquisador tecnologista, cujo requisito para a inscrição é diploma de instituição universitária reconhecida pelo MEC, de acordo com as áreas específicas do concurso.

O salário de analista executivo varia de R$ 5.964,34 a 7.563,01; de pesquisador-tecnologista, de R$ 5.964,34 a 7.563,01. Já o de assistente executivo em metrologia e qualidade varia de R$ 1.678,28 a 2.900,51; e o de técnico em metrologia e qualidade, de R$ 1.678,28 a 2.900,51.

Para os cargos de assistente executivo e técnico em metrologia e qualidade os requisitos são, respectivamente, diploma de conclusão de nível médio e de curso técnico em várias áreas.

A maioria das vagas é para o Rio de Janeiro, mas há chances para o Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal, onde o candidato será efetivado em uma das agências regionais do Inmetro. Os aprovados para o Rio de Janeiro serão lotados na capital ou no distrito de Xérem, em Duque de Caxias, conforme as necessidades da instituição.

Das vagas de nível médio, 10 são para assistente executivo em metrologia e qualidade e 79 para técnico em metrologia e qualidade. De nível superior as vagas são distribuídas em 40 para analista executivo e 124 para pesquisador-tecnologista.

As áreas do cargo de analista executivo são as seguintes: assistente social (1); avaliação de conformidade (10); ciências contábeis (8); estatística (2); gestão pública (15); medicina cardiologia, ortopedia e traumatologia, psiquiatria e do trabalho (4).

Já para pesquisador, as oportunidades serão para as áreas de acreditação (17); análise de requisitos e qualidade de software (2); arquitetura de soluções de softwares (2); articulação internacional (3); ciência da computação (2); ciências econômicas (5); desenvolvimento de sistemas (2); educação à distância (4); engenharia civil, elétrica, eletrônica, mecânica, produção e segurança do trabalho (19); gestão da informação (2); governança de tecnologia da informação (2); infraestrutura e redes de tecnologia da informação (2); informática aplicada à metrologia legal (3); instrumentação em dinâmica dos fluidos (1); metrologia (43); microscopia eletrônica e forense (4); psicologia (1); recursos humanos (7) e tecnologia e inovação (3).

Para técnicos, as áreas são as seguintes: biotecnologia (4); contabilidade (2); elétrica (5); eletrônica (4); edificações (1); instrumentação (5); mecânica (5) e metrologia (53).

fonte: G1


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email