Governo do RJ pretende começar obras de fundação no Maracanã nos próximos dias

maracana-em-obras

O Governo do Rio de Janeiro vai iniciar nos próximos dias mais uma etapa das reformas do Maracanã para a disputa da Copa do Mundo de 2014.

Até o fim do mês, o Emop (Empresa de Obras Públicas), responsável pelo projeto de reestruturação do estádio, começará as obras de fundação das arquibancadas e rampas de acesso do “Maior do Mundo”.

Desde a última segunda-feira, outro dado chamou a atenção nas reformas do estádio. O número de 725 operários subiu para 800. Nos próximos meses, segundo a secretária de Esportes e Lazer do Rio de Janeiro, Márcia Lins, os funcionários envolvidos no projeto chegarão a 3.500, divididos em três turnos de trabalho (manhã, tarde e noite/madrugada).

– Está tudo dentro do cronograma. A previsão era que as obras de demolição se encerrassem em maio e as de fundação começassem logo em seguida. As obras serão de fundação na parte interna, externa e das novas rampas. O prazo da Fifa é dezembro de 2012 e não tivemos alterações nesse sentido. A obra licitada do Maracanã prevê a contratação de até 3.500 funcionários para o trabalho em três turnos e é isso que será feito para acelerarmos as reformas – afirmou Márcia Lins.

A expectativa é que o Maracanã seja entregue até o fim de 2012. O projeto, antes orçado em R$ 705 milhões, pode chegar a R$ 1,1 bilhão, limite máximo permitido pela lei brasileira em obras de reforma. Apesar disso, o Governo do Rio de Janeiro não acredita que as obras ultrapassem os valores iniciais em 50%.

O estouro no orçamento vai ocorrer por conta da nova cobertura. Após estudos técnicos, a secretaria de obras notou que a antiga estrutura estava comprometida por conta do tempo. Uma nova será construída para ser colocada no estádio, que terá capacidade para 76 mil torcedores.

O gramado do Maracanã já foi quase todo retirado. O processo começou no dia 6 de abril. Além disso, o anel inferior já foi completamente demolido. Após as obras de fundação, os novos anéis de arquibancadas serão construídos. Todo o entulho retirado do estádio será reciclado e reutilizado no processo de reformas.

A expectativa é que o estádio seja o principal palco da Copa das Confederações, em julho de 2013. O “Maior do Mundo” também vai receber a final da Copa do Mundo de 2014.

fonte: GLOBOESPORTE.COM


Tags: , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email