Carrefour anuncia proposta de fusão com Pão de Açúcar

carrefour-logo

O grupo francês Carrefour anunciou nesta terça-feira (28) ter recebido uma proposta de fusão de ativos no Brasil com os da Companhia Brasileira de Distribuição (CBD), do grupo Pão de Açúcar.

Segundo a nota divulgada pelo Carrefour, a proposta foi apresentada na segunda-feira (27) pela empresa brasileira Gama, que pertence ao fundo BTG Pactual, com o apoio financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em nota, o Carrefour afirmou que seu Conselho de Administração foi informado a respeito dos termos da proposta e que irá analisá-los nos próximos dias.

Se a operação for concretizada, a Gama se tornará um acionista de referência do Carrefour, número dois mundial do setor de distribuição com uma participação de 18% em seu capital.

O Pão de Açúcar afirmou que emitirá comunicado ao mercado nesta manhã.

No início da sessão na Bolsa de Paris, após o anúncio da proposta, a ação do Carrefour subia 1,64% a 26,88 euros, enquanto a do grupo Casino, seu principal concorrente, caía 3,02% a 63,91 euros.

“A operação será, a princípio, muito benéfica para o Carrefour, cujos resultados no Brasil são decepcionantes e que em 2010 perdeu a liderança na distribuição de alimentos para a CBD”, afirma uma nota de análise do agente da Bolsa Aurel.

“As sinergias e as reduções de custos potenciais, combinada com a força de venda do novo conjunto, devem melhorar a rentabilidade da nova entidade”, acrescenta o texto.

Segundo o comunicado do Carrefour, essa proposta será submetida ao Conselho de Administração do BNDES para aprovação final. Gama indicou que a sua proposta foi submetida à CBD.

O comunicado do Carrefour, no entanto, não menciona a posição do seu principal concorrente na França, o grupo Casino, dono de 37% da CBD, principalmente através da holding Wilkes, dirigida em conjunto com a família Diniz.

Antes do anúncio, Carrefour e Casino se enfrentavam a respeito da CBD, cuja rede de 1.647 supermercados faturou 13,7 bilhões de euros em 2010.

O grupo Casino apresentou à Câmara Internacional de Comércio uma demanda de arbitragem a respeito do sócio brasileiro. A pedido do Casino, o Tribunal de Comércio de Nanterre, subúrbio de Paris, apreenderam na sede do Carrefour 22 documentos relativos às discussões sobre o futuro da CBD.

Casino
Por meio de nota publicada nesta terça-feira, o grupo Casino disse que descobriu o projeto da operação financeira divulgada pelo Carrefour, implicando fusão com a brasileira CBD, da qual é o principal acionário e divide o controle com Abílio Diniz.

“Contrariamente aos termos do comunicado do Carrefour, trata-se de um projeto de operação financeira preparado há muito tempo e ilegalmente por Carrefour e Abílio Diniz”, diz o comunicado.

“Esse comunicado confirma que as negociações secretas e ilícitas foram conduzidas e que continuam sendo. Considerando o acordo assinado entre Casino e Abílio Diniz, nenhuma negociação implicando o futuro da CBD pode ser feita sem o Casino.”

Negativa
No dia 25 de maio, o Grupo Pão de Açúcar negara que estivesse em negociações com o Carrefour para uma possível fusão das operações brasileiras dos dois grupos varejistas, conforme recente publicação pela mídia francesa.

Em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a maior varejista do país afirmou que “não é parte em qualquer negociação com o Carrefour e não contratou qualquer assessor financeiro com esse fim”.

fonte: France Presse


Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email