Prédio da ONU é atacado na capital da Nigéria

predio-da-onu-atacado-na-nigeria

Um ataque suicida com um carro-bomba bomba ao prédio da ONU em Abuja, capital da Nigéria, deixou ao menos 18 mortos e 8 feridos nesta sexta-feira (26), segundo a polícia do país africano.

O prédio, de cinco andares, teve paredes destruídas e sofreu danos importantes. Funcionários ficaram presos no local, e o número de vítimas podia subir. As operações de resgate continuavam.

“Por ora, temos 18 mortos e oito feridos”, declarou Mike Zuokumor, chefe da polícia na capital. “Foi um carro Honda. O autor do atentado morreu na ação e seu cadáver ficou dividido em três pedaços.”

Segundo uma testemunha, a explosão aconteceu depois que um carro suspeito entrou pela porta principal do edifício, que fica na zona diplomática da capital nigeriana, perto da Embaixada dos EUA.

“Nós vimos a explosão vinda do prédio. Todas as pessoas que estavam no subsolo foram mortas. Seus corpos estão literalmente por toda a parte. Vi cinco corpos”, disse Ocilaje Michael, um dos funcionários da ONU.

Outro funcionário afirmou que várias pessoas ficaram presas dentro do edifício.

“Não sei o que está acontecendo. Muitas pessoas ainda estão presas no edifício. Precisamos de uma grua para retirar as pessoas”, disse o funcionário, que pediu para não ser identificado.

Seita radical
A Nigéria tem sido alvo de uma onda de atentados por parte da seita radical islâmica Boko Haram, cujo nome significa “A educação ocidental é pecaminosa”, no idioma hausa, falado no norte do país.

Quase diariamente, o grupo está por trás de atentados e tiroteios, na maioria tendo como alvo a polícia na região norte do país.

Na quinta-feira um atentado do Boko Haram contra uma delegacia de polícia e ataques a bancos numa cidade no nordeste do país deixaram 12 mortos, incluindo um policial e um soldado.

As suspeitas também recaem sobre o braço da rede terrorista da al-Qaeda no Maghreb Islâmico

Segurança
A sede da ONU em Abuja agrupa várias agências da organização que operam na Nigéria, como o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) ou a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo um correspondente da France Presse, as medidas de segurança em torno do edifício eram normalmente elevadas. Os veículos que não eram das Nações Unidas não podiam se aproximar da entrada do prédio, que se encontra a cerca de dez metros da rua.

Iraque
Em 19 de agosto de 2003, um atentado contra a ONU deixou 23 mortos em Bagdá, entre eles o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, que estava no Iraque como representante especial do então secretário-geral da organização, Kofi Annan.

fonte: G1


Tags: , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email