Médicos de Ricardo Gomes informam que o treinador ja abre os olhos e se movimenta

medicos-do-treinador-ricardo-gomes

Os médicos que cuidam de Ricardo Gomes no Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro, reuniram-se na manhã desta quarta-feira para passar novas informações sobre o quadro do treinador.

E, mais uma vez, as notícias foram boas. A sedação e os medicamentos que controlam a pressão arterial foram retirados, e o comandante vascaíno já está respondendo. Segundo os médicos, ele esboça movimentos de ambos os lados do corpo.

O doutor Fábio Guimarães Miranda disse que ainda é cedo para falar sobre a possibilidade de sequelas, mas afirmou que o treinador “deve recuperar totalmente os movimentos” com sessões de fisioterapia.

– As notícias são boas. Suspendemos de manhã cedo os sedativos, e após duas horas ele já apresenta reações positivas. Acordou, abriu os olhos em determinados momentos e movimentou braços e pernas, mais o lado esquerdo do que o direito, como esperado. Isso não quer dizer que ele vai ter sequelas, pois ainda é cedo para uma avaliação definitiva. Mas vamos iniciar a fisioterapia, e ele deve recuperar totalmente os movimentos. Com o período de maiores complicações terminando, ele apresenta normalidade no estado clínico, sinais vitais normais e exames de imagem compatíveis com boa evolução – explicou o médico Fábio Guimarães de Miranda.

Entenda o caso
Ricardo Gomes sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) durante o clássico entre Flamengo e Vasco, no último domingo, no Engenhão. Foi levado inicialmente para o centro médico do estádio e, em seguida, encaminhado para o Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde foi submetido a uma cirurgia que durou cerca de três horas e meia.

A hemorragia no cerébro em decorrência do AVC sofrido pelo treinador foi estancada, e a circulação, restabelecida.

No ano passado, quando ainda comandava o São Paulo, Ricardo Gomes teve uma vasculite, considerada um pequeno AVC, e precisou ficar internado após o clássico contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista. No entanto, o médico do Vasco Clóvis Munhoz assegura que o problema não é relacionado com o enfrentado pelo treinador na outra ocasião.

fonte: Rafael Cavalieri


Tags: , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email