Roberto Carlos recebe homenagem no Santo Sepulcro em Jerusalém

roberto-carlos-igreja-do-santo-sepulcro-jerusalem

O cantor Roberto Carlos recebeu do patriarca latino de Jerusalém, Monsenhor Fuad Twal, a condecoração da Cruz do Mérito, a mais alta comenda da Igreja Católica em Israel. A homenagem aconteceu na manhã deste sábado (3), na Igreja do Santo Sepulcro, na Terra Santa, construída acima do local onde teria sido enterrado Cristo.

Roberto, que chegou à igreja por volta das 6h20 (horário local) num carrinho de golf, passou cerca de duas horas dentro do local sagrado. Além de caminhar pelo templo, também fez preces e acendeu uma vela.

Na sequência, o músico seguiu para o o Getsêmani, aos pés do Monte das Oliveiras. Também conhecido como Jardim da Agonia, foi nesse local que, segundo os Evangelhos, Jesus passou a noite da Paixão antes que Judas o entregasse aos soldados romanos.

Roberto Carlos foi acompanhado de perto pela equipe de Jayme Monjardim, que dirige um especial para a TV Globo sobre a visita do cantor à Jerusalém.

O programa, que será apresentado pela jornalista Glória Maria, vai ao ar no sábado (10) e vai exibir também trechos do show que o cantor fará na cidade sagrada na próxima quarta-feira (7).

Segundo organizadores, cerca de 1,5 mil pessoas do Brasil compraram pacotes para assistir a apresentação ao vivo no Sultan’s Pool.

A viagem dá direito a passagem aérea, hospedagem e um passeio turístico por algumas das mais populares atrações religiosas de Israel, além de brindes relacionados ao cantor.

Um DVD do show, que incluirá ainda material extra sobre a visita do cantor à terra sagrada, também será lançado.

O repertório da apresentação histórica vai contar algumas de suas canções religiosas mais famosas, como “Jesus Cristo” e “A montanha”, além de uma versão para “Ave Maria”. Também farão parte do espetáculo as clássicas parcerias com Erasmo Carlos e músicas em inglês, espanhol e italiano.

Nobel da Paz
Em Jerusalém desde a última terça-feira (31), Roberto Carlos foi recebido pelo presidente de Israel, Shimon Peres, em sua residência oficial em Talbia, no dia seguinte. O encontro, que durou cerca de meia hora, foi um “privilégio”, segundo afirmou o próprio cantor.

“Foi uma honra poder estar com um Prêmio Nobel da Paz. Ele é muito simpático, tem o dom da palavra e falou coisas muito bonitas. Algo que me chamou a atenção foi quando disse que minha voz chegou aqui antes do meu corpo. Isso tem um lado poético muito forte”, disse o Rei, confessando que ficou nervoso diante de Peres.

Leia, na íntegra, a mensagem que o patriarca Fuad Twal leu para o cantor durante a entrega da da Cruz do Mérito, no Santo Sepulcro, neste sábado (3):

“Prezado Senhor Cantante Roberto Carlos, prezados peregrinos e amigos presentes, prezado povo do Brasil,

A todos a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Bem-vindos na Terra Santa, na Igreja de Jerusalém, que é a mãe de todas as Igrejas, onde estão as raízes do Cristianismo.

Quando o Patriarca Católico Romano Latino da Cidade Santa diz ‘bem-vindos’, isto não significa que vós sois estrangeiros, mas antes ‘bem-vindos em vossa casa’, à qual pertenceis desde o dia do vosso batismo.

Obrigado por estar aqui, perto do Cristo Salvador no Calvário, perto da sua Mãe, Madre Dolorosa, do seu Sepulcro vazio, donde ressuscitou e venceu a morte.

Obrigado pela disponibilidade dos amigos e benfeitores do Patriarcado, em particular a Ordem Equestre do Santo Sepulcro, que está crescendo e desenvolvendo em todo o Brasil, para ‘ajudar a Mãe das Igrejas nas suas instituições e necessidades’, como nos tempos do Apóstolo Paulo!

Obrigado pela presença e pela missão do Senhor Cantante Roberto Carlos, embaixador de paz e de fraternidade, que fala, além das línguas que sabe, o idioma universal e internacional da música e do amor, que todos entendem e apreciam.

Como o declarei no Sínodo Extraordinário dos Bispos Católicos pelos Cristãos do Médio Oriente, a Igreja Mãe de Jerusalém precisa amor, compreensão e solidariedade. O primeiro modo de amá-la é de visitá-la e rezar por ela. Não tem nenhum perigo, nenhum problema ao vir ao País de Jesus como peregrinos.

O único perigo que ameaça a Igreja em Jerusalém e no resto do Médio Oriente é a extinção dos cristãos
, por causa da emigração dos fiéis, dos desafios, do isolamento longe da comunhão e da comunicação com as igrejas filhas.

Por isso pedimos todos os nossos irmãos e irmãs do grande Brasil de rezar insistentemente pela paz aqui na Terra Santa para todos os seus habitantes – judeus, muçulmanos e cristãos.
Obrigado por escutár-nos na ternura de Cristo!

Em Jesus, somos um só Corpo, sendo ele a cabeça! Somos um só povo de Deus,’disponível para toda a obra boa’!

Ao querido povo, à querida Igreja do Brasil, desejos de cada favor celestial, paz e prosperidade no Senhor!

Desde Jerusalém, da Catedral da crucificação e ressurreição de Jesus Redentor, desde o centro do mundo, dou-vos, ao povo da Terra da Santa Cruz, a minha benção paterna e apostólica.

Patriarca Fuad Twal”

fonte: Henrique Porto


Tags: , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email