Milan empata com o Barcelona pela Liga dos Campeões

david-villa-e-thiago-silva

Com um gol no início e outro no final, o Milan arrancou um empate heroico diante do Barcelona, por 2 a 2, nesta terça-feira, na estreia de ambos no Grupo H da Liga dos Campeões.

Após abrir o placar com 24 segundos de jogo graças a um golaço de Pato, o clube rossonero cedeu a virada e foi completamente dominado pelo rival que nem teve um Messi brilhante.

Mas, aos 47 do segundo tempo, quando tudo caminhava para uma vitória apertada, mas não difícil, do clube catalão, o zagueiro Thiago Silva evitou o revés dos italianos e calou a torcida adversária no Camp Nou.

No outro jogo do grupo, o Viktoria Plzen, da República Tcheca, recebeu o BATE Borisov, da Bielorrússia, e ficou no empate: 1 a 1. Bakos, aos 46 do primeiro tempo, abriu o placar para os anfitriões, enquanto o brasileiro naturalizado russo Renan Bressan igualou para os visitantes aos 24 do segundo tempo.

Gol relâmpago de Pato
Com dez jogadores que foram titulares na final da Liga dos Campeões da última temporada (Piqué, machucado, deu vaga a Keita, que começou a partida diante do Manchester United no banco), o Barcelona mal teve tempo para mostrar seu toque e controle de bola único.

Alexandre Pato iniciou jogada no meio de campo, passou por dois marcadores, abriu a defesa catalã – que atuou com dois zagueiros improvisados (Busquets e Mascherano) – e, na saída do goleiro Victor Valdés, bateu de chapa rasteiro no canto. Golaço com apenas 23 segundos de partida.

Com a desvantagem precoce, o técnico Pep Guardiola desmontou o esquema 4-3-3, deslocando Abidal para zaga e adiantando Daniel Alves para o meio de campo. Ofensivo em “condições normais”, o Barcelona atrás do placar foi mais incisivo ainda. Abidal e David Villa, aos nove e 11 minutos, respectivamente, quase igualaram o marcador.

Messi entra no jogo
Aos 13, Lionel Messi começou a trabalhar e, após passar por dois rivais, chutou forte no canto e obrigou o goleiro Abbiati se esticar todo e colocar para escanteio. Explorando os contra-ataques, o Milan quase ampliou aos 16. Pato colocou no meio das pernas de Busquets e rolou para Boateng. O ganês, entretanto, não caprichou no arremate e mandou na arquibancada.

O ritmo intenso não parava. Dois minutos depois, Messi foi derrubado pelo volante Van Bommel, que ganhou cartão amarelo pela falta. Na cobrança, o camisa 10 bateu com esmero, mas a bola explodiu na trave para sorte de Abbiati.

Jogada ‘raio-x’ e gol do Barça
Melhor na partida e diante de um Milan que, apesar da raça, tecnicamente só conseguia ameaçar com Pato e Seedorf, o Barcelona conseguiu o empate aos 36. Com pouquíssimo espaço, Lionel Messi passou por três marcadores com se fosse um raio-x e cruzou na medida para Pedro só ter o trabalho de empurrar para os fundo das redes

Na volta do intervalo, após um primeiro tempo no qual o Barça teve 70% de posse de bola, o time anfitrião tratou de evitar qualquer surpresa do Milan e, logo aos quatro, virou o placar. Em cobrança de uma falta sofrida por Busquets, o atacante David Villa colocou a bola no ângulo de Abbiati e fez a festa.

Finalmente à frente do marcador, o Barcelona diminuiu um pouco o ritmo que havia imposto quando estava em desvantagem, mas, mesmo assim, seguiu dono do jogo. Assustado, o Milan se limitava a conter as investidas rivais, muitas vezes apelando para faltas, e só conseguiu aos 26 sua primeira finalização no segundo tempo. Pato cabeceou para tranquila defesa de Valdés.

Aos 30, o técnico rossonero Massimiliano Allegri sacou o volante Van Bommel e colocou o meia Aquilani, jogador com características mais ofensivas e recém-contratado junto ao Liverpool.

Thiago Silva garante a “vitória”
No entanto, nada mudou na partida e o Barcelona, sossegado, parecia que iria assegurar os três pontos na estreia. Parecia. Aos 47 minutos, Seedorf cobrou escanteio e o zagueiro brasileiro Thiago Silva subiu mais alto que toda defesa catalã, que já contava com Puyol que entrara no segundo tempo, e cabeceou sem chances para Valdés.

Festa total do ex-jogador do Fluminense que até sambou na comemoração com Alexandre Pato para comemorar o vitorioso empate.

Confira a rodada desta terça-feira completa:

Grupo E
Chelsea 2 x 0 Bayer Leverkusen
Genk 0 x 0 Valencia

Grupo F
Borussia Dortmund 1 x 1 Arsenal
Olympiacos 0 x 1 Olympique de Marselha

Grupo G
Porto 2 x 1 Shakhtar Donetsk
Apoel 2 x 1 Zenit St. Petersburg

Grupo H
Barcelona 2 x 2 Milan
Viktoria Plzen 1 x 1 BATE Borisov

fonte: GLOBOESPORTE.COM


Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email