Desirée Oliveira, ‘Mulata Difícil’ do ‘Zorra Total’ posa nua em estação de trem

desiree-oliveira-mulata-dificil

Desirée Oliveira, a “Mulata Difícil do metrô”, do “Zorra Total”, estampará a capa de outubro da revista “Playboy”.

Ao EGO, ela comentou os bastidores do ensaio nu, feito em uma estação de trem desativada, em São Paulo, em referência ao quadro do programa.

“Fiquei nua em cima do trem. De repente, juntou uma galera, gritando ‘gostosa’. Foi engraçado, porque perto havia uma rádio evangélica e uma faculdade”, lembra.

Ela contou ainda que fotografou com um charuto homenageando o Angolano do “Zorra”: Amei tudo, equipe perfeita! Estou louca de vontade de ver o resultado”, comemorou.

fonte: EGO


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...


Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • Mariana Benedita dos Santos,Negra Bene disse:

    No Brasil dezenas de milhares de negros e simpaizantes protestam Movimentos Negros Brasileiros fizeram protestos de desagrado contra famoso cantor e sambista Martinho da Vila, Escola de Samba Unidos de Vila Isabel que neste carnaval de 2012, no enredo “Você Semba Lá… Que Eu Sambo Cá. do povo brasileiro) que nos versos O Canto Livre de Angola!”. Com uma exaltação maravilhosa a ANGOLA a pátria mãe da maioria (54% tem sangue africano-angolano em nossas aveias. Samba Enredo da Vila Isabel(O para Presidente Wilson Vieira Alves a carnavalesca Rosa Magalhães e principalmente o Presidente de Honra: Martinho José Ferreira o “Martinho da Vila” que se negaram a ouvir e atender as reclamações dos milhares de e-mails, cartas e ligações telefônicas e celulares para sensibilizar esses dirigentes. que seria um desprestígio para comunidade negra feminina serem excluídas as frente da bateria da Vila Isabel colocando uma rainha nipo-brasileira (japonesa) e uma musa loira, com respeito a elas, mas porque não por uma negra também e por coerência ao enredo exaltava a raça negra e negritude cultural África Angola Brasil. Apesar de todos esforços não foram suficientes par conscientizar estes dirigentes é lamentável que as crianças a juventude a mulher afro brasileira sofram estes preconceitos excluídas marginalizadas , humilhadas por aqueles que dizem ser defensores e nossos ídolos. Martinho da Vila é uma vergonha e covardia, muito obrigado pelo desserviço ao resgate e valorização da raça negra.Rei Martinho Ganga Zumba da Vila? Mariana Benedita dos Santos,Negra Bene. mariana.jornalista@bol.com.br

Trackbacks