Universitários dos EUA criam “cardápio racista”

Um grupo de estudantes da Universidade de Berkley, ligado ao Partido Rebulicano, causou polêmica ao propor que o campus adotasse um “cardápio racista”, com preços diferentes para estudantes brancos, negros e hispânicos. Mas criar polêmica era justamente o que o grupo desejava.

cardapio-racista

A “ideia” partiu de um grupo de estudantes ligados ao partido Republicano e é um protesto contra uma nova lei proposta pelo governador da Califórnia, Jerry Brown, e que será votada nesta semana, propondo que as universidades e empregadores considerem critérios como raça, gênero, etnia e nacionalidade durante o processo de admissão.

“Nossa venda de bolos é uma sátira, enquanto obriga os estudantes a pensar mais criticamente sobre as implicações dessa lei”, disse o grupo – chamado de Berkleley College Republicans – na página de divulgação do evento no Facebook. Eles ainda afirmaram que a medida proposta pelo governador é “essencialmente racista”.

A venda dos bolos mais caros para os brancos e com descontos para os outros estudantes está marcada para esta terça-feira (27). No entanto, mesmo sendo uma “sátira”, muitos estudantes não gostaram da ideia.

Ao jornal “San Francisco Chronicle”, o estudante Devonte Jackson disse que a proposta era “inapropriada”, “atacando comunidades mal representadas e reduzindo-as a um preço barato”.

O presidente do grupo de estudantes republicanos, Shawn Lewis, disse que vários integrantes do grupo foram ameaçados e criticados pela iniciativa. “Certamente está incitando emoções, e é o que queremos”, disse ele à ABC.

Já o presidente de outro grupo de estudantes, ligado ao partido Democrata, Anais LaVoie, argumentou que a “brincadeira” foi feita em tom de “humilhação”. “O jeito que eles divulgaram a ideia, as palavras usadas, o fato de eles terem feito piada com a cor das pessoas do campus é muito desagradável”, disse LaVoie.

Outros souberam levar toda a questão na brincadeira. “Sendo negro, agora todos querem que eu compre bolos mais baratos”, postou o estudante Raymond Stone na página do evento no Facebook.

Fonte:uol


Tags: , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email