Alta do IPI: Kia e Porsche cancelam aumento de preços

Um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) de adiar, em caráter liminar, o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros importados, a Kia e a Porsche afirmam que cancelarão o aumento nos preços divulgado para outubro, que repassava parte do reajuste do imposto. A elevação de 30 pontos percentuais no IPI estava valendo desde 16 de setembro, quando a medida do governo foi publicada no Diário Oficial da União. Mas, na última quinta-feira (20), os ministros do STF consideraram que ela não poderia valer antes de 90 dias da publicação.

montadora

Além da Kia e da Porsche, a Audi havia confirmado aumento nos preços em virtude do IPI maior entre as marcas que não têm fábrica no Brasil, atingidas em cheio pela elevação do imposto, que visa carros importados de fora da Argentina, Uruguai e México.

Em nota, a Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva) diz que está orientando suas associadas a ressarcir os consumidores para os quais foram vendidos automóveis com preços reajustados de acordo com a alta do IPI. Segundo a entidade, quem pagou mais deverá procurar a concessionária.

Fonte:autoesporte


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email