Capitão do Costa Concordia, nega ter abandonado navio e diz que salvou milhares de vidas

costa-concordia

O capitão do cruzeiro Costa Concordia, Francesco Schettino, negou nesta terça-feira (17), diante do Tribunal de Grosseto, ter abandonado o barco após o naufrágio do cruzeiro ocorrido na noite de sexta-feira na costa da Itália, disse seu advogado.

“Ele declarou aos juízes que não abandonou o navio e que salvou milhares de vidas”, disse o advogado Bruno Leporatti após o depoimento.

Schettino disse a um juiz de instrução que estava “no comando do navio” no momento do impacto da embarcação com um banco de areia próximo à Ilha de Giglio, no Mar Tirreno, a cerca de 40 quilômetros da costa italiana.

A afirmação confirma os primeiros resultados da investigação, segundo a qual o comandante dispunha do controle da rota planejada nas imediações da ilha.

Schettino depôs em uma audiência preliminar por três horas.

Ele é investigado por homicídio culposo (não intencional), naufrágio e abandono do navio.

A procuradoria italiana pediu ao Tribunal de Grosseto que mantenha a ordem de prisão contra Schettino.

“Pedimos aos juízes que confirmem a ordem de prisão”, disse o procurador Francesco Verusio.

O comandante é acusado de ter cometido “erros” que teriam ocasionado o naufrágio e também durante a evacuação dos passageiros.

Telefonema dele para a Capitania dos Portos, vazado nesta terça-feira pela imprensa italiana, dá a entender que ele havia abandonado o navio sem prestar socorro aos passageiros.

A juíza para indagações preliminares de Grosseto, Valéria Montesarchio, deverá decidir em breve sobre a medida da prisão preventiva.

O acidente deixou, até agora, 11 mortos, 24 desaparecidos e 60 feridos.

As buscas continuam no barco, que ficou parcialmente submerso e virado em um ângulo superior a 80 graus.

fonte: G1


Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email