Diretor de ‘Os Homens que não Amavam as Mulheres’ se recusa a cortar cenas de nudez

O filme ‘Os Homens que não Amavam as Mulheres’ teve sua estreia cancelada na Índia após o diretor David Fincher se recusar a cortar cenas do longa a pedido do Conselho Central de Certificação de Filmes (Board of Film Certification -CBFC) da Índia. As informações são do site Hollywood Reporter.

os-homens-que-nao-amavam-as-mulheres

O órgão solicitou o corte das cenas de nudez sexo, entre elas estão duas cenas de sexo entre a personagens principais Lisbeth Salander (Rooney Mara) e Mikael Blomkvist (Daniel Craig) ; uma cena de lesbianismo entre Lisbeth e uma mulher que ela conhece em um bar e a cena de estupro e tortura de Lisbeth pelo seu advogado, Nills Bijurman (Yorick van Wageningen), além da cena da vingança da personagem , em que Salander tortura seu tutor com o vídeo que ela grava de seu estupro.

De acordo com comunicados da mídia neste sábado (28) o CBFC divulgou oficialmente que “o protocolo padrão é de que as cenas de nudez frontal sejam desfocadas”. Mas segundo o porta-voz da Sony Pictures o Conselho pediu para que as cenas especificadas fossem cortadas do filme.

A Sony Pictures de Mumbai divulgou um comunicado oficial comentando o episódio: “A Sony Pictures não irá lançar o filme ‘Os Homens que Não Amavam As Mulheres’ na Índia. O Conselho Central julgou o filme inapropriado para o público em sua forma inalterada e nós, que estamos comprometidos a manter e proteger a visão do diretor, iremos, como sempre, respeitar as diretrizes pelo Conselho”. O filme tinha data de estreia prevista no país para dia 10 de fevereiro.

Fonte:uol


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email