F12berlinetta é a Ferrari mais rápida de todos os tempos

ferrari-f12-berlinetta

A Ferrari apresentou hoje o seu modelo mais aguardado dos últimos anos: a F12berlinetta, GT que chega para assumir o lugar da inônica Ferrari Enzo.

E o modelo já se apresenta com um feito único – é a Ferrari mais rápida já criada. Isso mesmo, ela é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,1 segundos, de acordo com os testes realizados pela italiana.

Se o piloto não interromper a brincadeira, a aceleração segue até os 200 km/h em mais 5,4 segundos – 1,23 segundo mais rápida do que qualquer outro modelo de rua da Ferrari.

O responsável por isso, em grande parte, é o motor V12 de nova geração. Montado em 65º, o propulsor de 6.262 cc é capaz de desenvolver 740 cavalos de potência a 8.500 rpm e 70,3 kgfm de torque a 6.000 rpm.

Ao levar em conta o peso de apenas 1.525 kg da F12berlinetta, é possível calcular uma relação peso-potência de 2,1 kg/cv, o que contribui muito para a velocidade máxima de mais de 340 km/h.

Com 4,61 m de comprimento, 1,94 m de largura e 1,27 m de altura, a F12berlinetta garantiu sua leveza com a adoção de 12 tipos diferentes de ligas na criação do chassis, algumas utilizadas pela primeira vez no setor automotivo, segundo a Ferrari.

A estrutura ficou 20% mais rígida, enquanto o peso caiu 70 kg em relação ao último cupê V12 da marca.

A transmissão é automática de dupla embreagem com opções de trocas manuais por borboletas posicionadas atrás do volante, desenvolvida pela equipe de F1 da scuderia.

E tão importante quanto acelerar é parar, por isso a F12berlinetta traz os freios a disco de carbono e cerâmica de última geração da Ferrari, que trabalham em conjunto com o sistema de controle de suspensão SCM-E e toda a já tradicional eletrônica de segurança, como ABS, controle de estabilidade, diferencial eletrônico e mais.

O desenho da F12berlinetta foi criado em conjunto entre centro de estilo da marca e o tradicional estúdio de estilo Pininfarina, responsável por vários outros projetos da Ferrari.

Seu desenho foi estudado para ser um cuidadoso equilíbrio entre estilo e aerodinâmica, afim de manter as características visuais dos novos modelos V12 da italiana (cuja principal identificação é a grade dianteira) sem sacrificar o desempenho.

O resultado é uma redução de downforce nos testes de túnel de vento em relação aos demais V12, com 123 kg atingidos a 200 km/h e coeficiente de arrasto de 0,299. Outra preocupação foi oferecer um espaço interno maior do que os cupês desenvolvidos no passado.

E por falar em interior, um acabamento inédito na linha Ferrari é oferecido, com um novo posicionamento dos controles no console central e nos arredores do painel de instrumentos – sem abandonar a tradicional “Interface Humano Máquina”, utilizada pela Ferrari para criar um cockpit inteiramente voltado para o motorista.

Os detalhes foram todos trabalhados artesanalmente, e exaltam o contraste entre a fibra de carbono, alumínio e o couro Frau, distribuídos por todo o interior.

A F12berlinetta fará sua primeira aparição pública no Salão de Genebra, que começa semana que vem. Preços e data do início das vendas deverão ser divulgados no evento.

fonte: http://revistaautoesporte.globo.com


Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email