350 mil internautas podem ficar sem internet por conta da pirataria

fbi

Mais de 350 mil internautas de todo o mundo podem perder seu acesso à rede a partir de 9 de julho, quando o FBI apagará os servidores temporários que foram ativados após a descoberta de uma importante trama de pirataria.

A polícia federal americana criou um site (www.dcwg.org), que permitirá aos usuários determinar se seus computadores podem estar entre os afetados pela trama, informou nesta segunda-feira um porta-voz do FBI à rede CNN.

A interrupção se inscreve na operação “Ghost Click”, que em novembro levou à detenção de seis cidadãos estonianos acusados de fraude, ao infectar centenas de milhares de computadores no mundo todo com um código malicioso nomeado “DNS Changer”, que facilitava a entrada de vírus no sistema.

Segundo o FBI, os hackers utilizaram esse acesso para manipular a publicidade na rede, com o que ganharam até US$ 14 milhões em receitas ilegais.

A agência federal calcula que cerca de 350 mil computadores seguem infectados, entre eles 85 mil nos Estados Unidos, onde o vírus chegou até a computadores da Nasa.

Ao desmantelar a trama, o FBI ativou servidores temporários para evitar a interrupção imediata de muitos dos usuários infectados, a fim de dar tempo a eles para limparem seus arquivos.

Em 9 de julho, a agência apagará definitivamente esses servidores, pelo que os usuários de todo o mundo devem comprovar no novo site se o seu computador é um dos afetados.

fonte: EFE


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email