Jogadores de Timão e Boca têm valores de mercado equivalentes

paulinho-corinthians

A final da Taça Libertadores deste ano reúne o sexto e sétimo elencos mais caros da América do Sul, de acordo com cálculos da empresa Pluri Consultoria, especializada em gestão esportiva.

Embora o futebol brasileiro viva uma boa fase financeira, ao contrário do que ocorre na Argentina, a diferença entre os preços de Corinthians e Boca Juniors não é tão grande.

O grupo de jogadores do Timão está cotado em R$ 157 milhões. Já a equipe xeneize custa R$ 146 milhões. No total, os dois times valem R$ 303 milhões.

O volante Paulinho, avaliado em R$ 32,1 milhões, será o jogador mais caro em campo nas duas próximas quartas-feiras, seguido por Ralf, R$ 18,4 milhões.

No Boca, os mais valiosos são o atacante Mouche, R$ 12,7 milhões, e o meia Riquelme, que, mesmo aos 34 anos, ainda vale, de acordo com avaliação da Pluri, R$ 9,6 milhões.

Para chegar ao valor do jogador, a empresa utiliza um software próprio que calcula os preços com base em 63 critérios de avaliação, divididos em 14 itens: idade, fundamentos, qualidade técnica, capacidade de definição de jogo, aspectos táticos, força e condicionamento físico, disciplina e espírito de equipe, condição clínica, posição em que joga, nível dos campeonatos em que atua, experiência Internacional, convocações para seleção, títulos e capacidade de retorno de marketing.

Corinthians e Boca começam a decidir o título nesta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), no estádio La Bombonera, em Buenos Aires. A TV Globo transmite ao vivo e o GLOBOESPORTE.COM acompanha tudo da decisão, ao vivo, direto da Bombonera.

fonte: GLOBOESPORTE.COM


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email