Chegam a 150 o número de mortos vítimas das inundações na Rússia

inundacao-krymsk-russia

Ao menos 150 pessoas morreram por causa das chuvas torrenciais e inundações na região de Krasnodar (sudoeste de Rússia), de acordo com o mais recente balanço divulgado neste domingo (8).
O distrito de Krymsk é o mais afetado, com 139 mortos.

As chuvas pegaram os habitantes desprevenidos, mas muitos russos dizem que tantas mortes podem ser o resultado de uma comporta aberta num reservatório de água. As autoridades negam essas afirmações.

Choveu em Gelendzhik em 24 horas o correspondente a cinco meses, segundo a administração local.

Em Novorossiisk, o maior porto da Rússia no Mar Negro, as chuvas de 24 horas corresponderam a dois meses.

Uma célula de emergência foi formada para tentar colocar a situação sob controle, segundo um funcionário do porto, Mikhail Sidorov.

“Em alguns lugares, o nível da água atingiu um metro e meio”, afirmou.

“Vladimir Putin está recebendo informações regulares sobre a situação”, afirmou Kremlin numa declaração.

O governador de Krasnodar, Alexander Tkachev, afirmou ter falado por telefone com o presidente Putin e o primeiro-ministro Dmitri Medvedev e pedido ajuda.

fonte: France Presse


Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email