Após conseguir título de heptacampeão de Wimbledon, Federer reassume liderança do ranking

roger-federer

Após dois anos, Roger Federer reassumiu o posto de número 1 do mundo no ranking atualizado pela ATP nesta segunda-feira.

O suíço desbancou Novak Djokovic por apenas 75 pontos ao se sagrar heptacampeão de Wimbledon, no domingo. O sérvio caiu para segundo, enquanto o espanhol Rafael Nadal desceu para terceiro, após protagonizar grande zebra na grama inglesa.

Com a vitória sobre Andy Murray na decisão de domingo, Federer voltou ao topo depois de dois anos. Ele havia sido derrubado da ponta por Nadal em junho de 2010. Desde então, chegou a cair para o quarto lugar, por poucas semanas, e não conseguiu ameaçar o domínio do espanhol e de Djokovic.

Seu retorno ao topo teve início no segundo semestre de 2011, quando iniciou sequência de oito títulos a culminar com o sétimo troféu em Wimbledon. Para saltar do terceiro para o primeiro lugar do ranking, Federer contou ainda com o tropeço de Nadal na segunda rodada do Grand Slam inglês. E com a vitória sobre Djokovic na semifinal. Assim, o espanhol e o sérvio não puderam defender seus pontos da final de 2011.

Ao voltar à primeira posição, Federer igualou o recorde de Pete Sampras, que permaneceu 286 semanas não consecutivas na liderança. Como os rivais não entrarão em quadra nesta semana, o suíço deverá bater esta marca na próxima semana.

Ele já detêm o recorde de semanas seguidas no primeiro lugar.

Em seu retorno, ele se tornou o segundo tenista mais velho a ocupar o topo do ranking, com 30 anos e 335 dias de vida, atrás apenas do americano Andre Agassi, líder do tênis aos 33 anos e 131 dias. Federer completará 31 anos no dia 8 de agosto.

Ainda no Top 10, o vice-campeão de Wimbledon Andy Murray se aproximou de Nadal, ao chegar aos 7.460 pontos. O espanhol soma 8.905. David Ferrer, Jo-Wilfried Tsonga, Tomas Berdych, Janko Tipsarevic, Juan Martin del Potro e Nicolas Almagro completam a lista de dez primeiros.

O brasileiro Thomaz Bellucci saltou 16 posições, ao passar de 80º para 64º na lista atualizada nesta segunda. A ascensão se deve ao título do Challenger de Braunschweig, conquistado no sábado. Agora ele terá a companhia de Rogério Dutra Silva no Top 100. O brasileiro entrou na lista dos 100 melhores pela primeira vez na carreira.

Confira os 20 primeiros colocados do ranking:
1.º – Roger Federer (Suíça), 11.075 pontos
2.º – Novak Djokovic (Sérvia), 11.000
3.º – Rafael Nadal (Espanha), 8.905
4.º – Andy Murray (Escócia), 7.460
5.º – David Ferrer (Espanha), 5.430
6.º – Jo-Wilfried Tsonga (França, 5.230
7.º – Tomas Berdych (República Checa), 4.515
8.º – Janko Tipsarevic (Sérvia), 3.215
9.º – Juan Martin del Potro (Argentina), 3.180
10.º – Nicolas Almagro (Espanha), 2.605
11.º – John Isner (EUA), 2.520
12.º – Gilles Simon (França), 2.480
13.º – Mardy Fish (EUA), 2.355
14.º – Juan Monaco (Argentina), 2.130
15.º – Marin Cilic (Croácia), 1.825
16.º – Fernando Verdasco (Espanha), 1.810
17.º – Gael Monfils (França), 1.715
18.º – Kei Nishikori (Japão), 1.680
19.º – Alexandr Dolgopolov (Ucrânia), 1.620
20.º – Richard Gasquet (França), 1.600
64.º – Thomaz Bellucci (BRASIL), 722
100.º – Rogério Dutra Silva (BRASIL), 550

fonte: Agência Estado


Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email