Já são registrados 72 mortes e 741 casos de H1N1 em Santa Catarina

vacina-h1n1

O novo relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina sobre a gripe A H1N1, divulgado nesta quinta-feira (26), aponta 72 mortes e 741 casos registrados no estado em 2012.

Em duas semanas, foram registrados mais dez óbitos pelo vírus H1N1. No ano passado, não houve nenhum caso de morte no estado.

Cinco mulheres e cinco homens entre 27 e 88 anos morreram no período de duas semanas. A maioria dos casos ocorreu em cidades que não haviam registrado mortes pela doença e e em regiões distintas do estado.

No dia 10 de julho, São Bento do Sul, no Norte, teve a primeira vítima: uma idosa de 82 anos. Em Cunha Porã, no Oeste, um homem de 67 anos morreu.

A cidade também registrou o primeiro óbito pela doença. Um homem de 39 anos e outro de 31 anos morreram em Lages, na Serra catarinense. Agora o município contabiliza três vítimas.

Videira , no Meio Oeste, registrou a quinta morte no dia 16 de julho com um homem de 88 anos e São José , na Grande Florianópolis, teve o segundo óbito, uma mulher de 58 anos.

Em Fraiburgo, uma mulher de 58 anos faleceu no dia 19 de julho, o terceiro óbito do município. As cidades de Orleans, Indaial e Forquilhinha tiveram suas primeiras vítimas por gripe A H1N1, um homem de 58 anos, uma mulher de 59 anos e uma jovem de 27 anos, respectivamente.

Apesar dos dez óbitos, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica afirma que houve uma diminuição da proporção de casos confirmados por H1N1 nas últimas semanas.

fonte: G1


Tags: , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email