Após ser eliminada, Rafaela Silva reage com palavrões a provocação no Twitter

rafaela-silva

Não bastasse a frustração de ser desclassificada na competição do peso leve após um golpe irregular, a judoca Rafaela Silva acabou se envolvendo numa discussão no Twitter com uma internauta que lhe escreveu grosserias. A atleta brasileira não mediu palavras e respondeu com muitos palavrões na rede social.

“Vai se f… filho da p… Perdi, sim, sou humana como todos. Errei e sei que tenho capacidade de chegar e conquistar uma vaga para 2016”, disse Rafaela, para em seguida emendar: “Você já não tem o que fazer e fica falando merda por aí. Tenha capacidade, conquiste uma vaga nas Olimpíadas e depois a gente conversa.”

Mais tarde Rafaela procurou a direção da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) para se desculpar. O diretor técnico Ney Wilson teve com ela uma conversa franca. A atleta não vai ser punida. Ela está arrependida e contou que abriu a internet e viu as provocações de que tinha sido alvo. Ainda no calor da luta recém-terminada, acabou respondendo.

– Eu deveria ter ignorado, mas estava de cabeça quente. Quero pedir desculpas a todos – disse.

Ney Wison conversou com a judoca, explicou que ela ainda é muito jovem, tem compromisso com os patrocinadores e que se envolver nesse tipo de polêmica só pode prejudicá-la.

– Ela recebeu 800 elogios. Não pode se incomodar com uma única crítica. Ela errou e foi a primeira a reconhecer isso, Não vimos como indisciplina, mas como um desabafo que não deveria ter acontecido.
A direção do CBJ já havia recomendado aos seus atletas que evitassem a redes sociais para não perderem a concentração e o foco nas lutas.

Crítica e provocação
No post no Twitter que provocou a ira de Rafaela o texto dizia que a judoca passou “anos se preparando para ser eliminada por uma burrice dessas” e merecia “voltar nadando de lá”.

A internauta continuou criticando Rafaela, que reagiu com mais alguns desaforos. Desde então, a conta da atleta só pode ser lida com sua autorização.

“Babaca filha da p… Vai caçar o que fazer do que ficar com inveja dos outros e falando basteira. Vai lavar uma louça, já que não tem o que fazer”.

A judoca também respondeu outra crítica, questionando o dinheiro gasto pelo Brasil na sua preparação.

Revelada num dos núcleos do Instituto Reação, do ex-judoca Flávio Canto e do mestre Geraldo Bernardes, a menina da Cidade de Deus, de apenas 20 anos, é a terceira no ranking mundial e promete voltar ainda mais forte na Rio-2016.

“Pelo menos o Brasil gasta dinheiro comigo e sei que sou muito mais útil do que você. Tenho medalha de ouro no Mundial 2008 e prata em 2011, e você?”, respondeu à crítica.

Rafaela competiu no terceiro dia de disputa do judô. O Brasil conquistou duas medalhas, ambas na categoria ligeiro, no primeiro dia. Sarah Menezes levou o ouro inédito entre as mulheres, e Felipe Kitadai ficou com o bronze no masculino.

No segundo dia, Leandro Cunha e Érika Miranda acabaram derrotados na primeira luta.

fonte: O Globo


Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email