Após Justiça decretar prisão, cantor Gian não aparece em shows

gian-cantor

O cantor Aparecido dos Reis Morais, conhecido como Gian, da dupla Gian e Giovani, deixou de participar de shows agendados no feriado prolongado para não ser preso.

Desde terça-feira (4) ele é procurado pela Polícia Civil por falta de pagamento de pensão. O advogado do artista disse ele vai quitar o valor na tarde desta segunda-feira (10).

A prisão de Gian foi determinada pela Justiça de Barueri, na Grande São Paulo, por descumprimento do pagamento do benefício ao filho adolescente que ele tem com a ex-mulher. O valor da dívida é de aproximadamente R$ 100 mil.

Com medo de ser detido, o artista não se apresentou à Delegacia Central de Barueri, município onde mora, se isolou em local não revelado e também deixou de ir a pelo menos três apresentações que faria com o irmão Giovani, que cantou sozinho.

Segundo o advogado da dupla, Gian foi orientado pela defesa a não fazer shows até que a pendência que ele tem com a ex-mulher seja resolvida.

“Para não correr o risco de algum delegado prendê-lo e ele passar pelo vexame de ser detido na frente dos fãs, Gian não fez os shows em Rio das Pedras e Cravinhos, ambos no interior de SP, respectivamente na quinta-feira [6] e na sexta-feira [7], e no sábado [8] em Vila Rica, no Mato Grosso”, disse o advogado Aparecido Hernani Ferreira na manhã desta segunda ao G1.

A decisão da juíza Maria Elizabeth de Oliveira Bortoloto determina que Gian fique na cadeia pelo prazo de 30 dias. Na manhã desta segunda, o advogado do cantor havia dito que seu cliente continuava em liberdade e não havia sido preso porque o mandado de prisão contra ele ainda não foi expedido pela Justiça e encaminhado para a Polícia Civil cumpri-lo.

Entretanto, o delegado Sebastião de Paiva Neto, titular da Delegacia Central de Barueri, informou, por meio da assessoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que o mandado de prisão contra Gian chegou à polícia no dia 4 de setembro, e desde esta data, equipes estão fazendo buscas para localizar o artista e prendê-lo.

Pensão
A autônoma Maria Cláudia de Medeiros Alonso, que foi casada com Gian, cobra cerca de R$ 100 mil dele. O valor é equivalente a aproximadamente R$ 10 mil mensais, que deveriam ter sido pagos desde dezembro.

Segundo o advogado de Gian, o cantor ainda não havia quitado a dívida porque passa por dificuldades financeiras. O sertanejo teria arrecadado o dinheiro com parentes, amigos e outros cantores.

“O pagamento será feito por mim mesmo no fórum de Barueri, onde o cartório terá de calcular o valor exato da dívida para que eu possa fazer o depósito, que deve girar em pouco mais de R$ 100 mil”, disse o defensor Hernani Ferreira.

“Após isso, vou legar a guia do pagamento para a juíza e pedir a ela que revogue a prisão expedindo um contramandado”.

Mandado de prisão e shows
Hernani Ferreira afirmou que orientou o sertanejo a ficar escondido por temer uma prisão. “Ele me ligou na quinta e perguntou se poderia fazer shows e eu disse a ele que não era prudente”, afirmou o advogado.

O próximo show programado da dupla acontecerá em Águas da Prata, estado de SP, na próximo sexta (14). O G1 procura a assessoria de Gian e Giovani desde sexta-feira para comentar a agenda de shows da dupla.

Até esta segunda, os assessores não haviam retornado os recados deixados nos telefones e e-mails.

Questionado sobre o caso, o advogado Azis José Elias Filho, que defende os interesses de Maria Cláudia, ex-mulher de Gian, afirmou que ele mesmo conseguiu uma cópia do mandado de prisão contra o cantor e o entregou numa delegacia de Barueri na quinta.

“Agora caberá a polícia procurar Gian para cumprir a decisão judicial”, disse.

Dificuldades financeiras
Atualmente Gian mora com a nova mulher, uma ex-dançarina de um programa de auditório de TV, com quem tem um filho, em uma casa em Alphaville, Barueri.

“O Gian só tem um imóvel onde mora com a família. E está pagando uma prestação nessa casa em Alphaville. Mas quero dizer que onde ele mora não é um casarão, é mais uma daquelas casinhas do fundão de Alphaville, que valem R$ 200 mil”, disse.

“Meu cliente não tem renda mensal e ela varia da quantidade de shows que ele faz. Ele está passando por dificuldades financeiras. Ele está lutando para sobreviver como as outras duplas sertanejas”, disse o advogado Hernani Ferreira.

“O que ele pode pagar ao filho de 14 anos que tem com a ex-mulher são R$ 3 mil mensais e não R$ 10 mil como ela quer.”.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de SP (TJ-SP) informou que não poderia dar informações sobre o processo que a ex-mulher de Gian move contra ele porque a ação está sob segredo.

fonte: Kleber Tomaz, G1


Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email