Estudo aponta que vício em internet pode estar ligado a genética

dr-christian-montag-universidade-de-boon

Uma pesquisa na universidade alemã de Bonn revelou uma nova evidência de variação genética que pode estar ligada ao vício à Internet.

Chamada de CHRNA4, o gene já foi associado anteriormente a outras formas de vícios.

Os pesquisadores dizem que esta descoberta pode trazer novos entendimentos sobre o porquê de algumas pessoas serem afetadas por esta compulsão e outras não.

“Isso mostra que o vício à Internet não é um fruto de nossa imaginação”, disse o autor da pesquisa, Dr. Christian Montag, do Departamento de Psicologia Biológica Diferencial da Universidade de Bonn, Alemanha.

Ao longo dos anos, os pesquisadores entrevistaram um total de 843 pessoas sobre seus hábitos na Internet. Daí, eles concluíram que 132 dessas pessoas eram viciadas em Internet, e todas foram comparadas a um outro grupo de controle.

Os comportamentos dos “viciados em Internet” revelaram que os pensamentos dessas pessoas ficam ligados o dia todo em torno do mundo virtual.

Segundo os cientistas, elas acreditam que seu bem estar é seriamente afetado caso não tenham acesso à rede.

Além disso, foi descoberto que essas 132 pessoas eram portadoras desta variação genética, que é frequentemente relacionada ao vício por nicotina e também à solidão e depressão.

“O que nós já sabemos sobre o receptor de acetilcolina nicotínico no cérebro é que uma mutação no gene promove o comportamento da compulsão”, disse o Dr. Montag.

“A nicotina do tabaco se encaixa – tal como a acetilcolina, que é produzida pelo corpo – como uma chave para este receptor. Ambos os neurotransmissores têm um papel importante na ativação do sistema de recompensa do cérebro. Parece que esta conexão é essencial não apenas para a dependência da nicotina, mas também para a dependência de internet.”

A equipe acredita que em poucos anos a pesquisa pode trazer novos meios de terapia contra o vício pela Internet.

fonte: TechTudo


Tags: , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email