Imagine Cup 2009, inscrições abertas

imagine-cup

A Microsoft Brasil lançou nesta quarta-feira, em São Paulo, a Imagine Cup 2009, Copa do Mundo da computação que a empresa promove desde 2003 e que reuniu, na última edição, jovens de quase 200 países.

A competição terá como tema de sua oitava edição o mote “Imagine um mundo em que a tecnologia ajude a resolver os mais difíceis problemas que enfrentamos”. As inscrições, que podem ser feitas pelo site: http://www.imaginecup.com, vão até 1º de março.

O Brasil tem sido destaque na competição, tendo há quatro anos consecutivos o maior número de participantes – só na última edição, foram 63.757 brasileiros inscritos. A meta para este ano é receber 80 mil inscrições, um aumento de 27% em relação ao ano anterior.

Nesta edição os estudantes terão de criar soluções alinhadas com uma das Metas de Desenvolvimento do Milênio, que surgiram da Declaração do Milênio das Nações Unidas, adotada pelos 189 estados membros no dia 8 de setembro de 2000. Variam de mitigar a pobreza extrema a conter a expansão do HIV ou oferecer uma educação básica universal.

Para incentivar a participação de jovens de comunidades carentes, a inscrição também poderá ser feita em nome de ONGs. A competição conta com apoio do Bradesco, do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e da ONG Oxigênio.

Em 2008, os jovens da equipe Mother Gaia Studio, formada por estudantes da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), foram campeões mundiais na concorrida categoria de Desenvolvimento de Jogos, com o jogo City Rain, que mistura elementos de simulação de cidades com puzzles e permite aos jogadores construírem sua própria cidade respeitando a questão ambiental; ou, ainda, assumirem a administração de cidades com problemas ambientais que precisam ser sanados, em diversos níveis de dificuldade. O jogo está disponível para download em: http://www.cityra.in.

Com o reconhecimento obtido na competição, os jovens já estão montando sua própria empresa.

Outro destaque da última edição foi o jovem Thiago Cabral Valverde, de apenas 17 anos. Disputando com 16 mil inscritos de todo o mundo, Thiago foi o único estudante do Ensino Médio em Paris entre os seis finalistas na categoria Desafio de Infra-Estrutura, na qual os jovens passam 24 horas em uma sala tentando solucionar os problemas dados.

A competição possui nove categorias: Projeto de Software, Sistemas Embarcados, Desenvolvimento de Games, Robótica e Algoritmo, Desafio de Infra-Estrutura, MashUp, Filme de Curta Metragem, Fotografia e Design.

Três categorias estréiam este ano: Robótica e Algoritmo, com desafios matemáticos que permitirão aos jovens explorar o potencial de robôs; MashUp, voltada ao desenvolvimento de ferramentas da Web 2.0 que use dados e serviços já existentes na Internet; e Design, que tem como objetivo promover criações que facilitem a interação do homem com as máquinas.

Para definir o representante do País na categoria Projeto de Software e Sistemas Embarcados, a mais competitiva entre todas, será realizada uma final brasileira entre os meses de abril e maio. A final mundial, que reúne todas as categorias, será realizada no Cairo, no Egito, em julho.


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email