Faculdade irregular na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte: Suspeito é preso após lesar mais de 10 mil pessoas

Angolano Prezo na Paraiba

Angolano Prezo na Paraiba

Segundo o delegado Thiago Pinto, da Polícia Civil de PE, o angolano era proprietário de uma faculdade que possuía diversos polos de atuação, mas não possui registro do Ministério da Educação

Um angolano de 38 anos foi preso, na tarde desta quinta-feira (21), na Avenida Ruy Carneiro, em João Pessoa, suspeito de abrir faculdades sem registro do Ministério da Educação (MEC), na Paraíba, em Pernambuco e no Rio Grande do Norte. O golpe tinha como alvo alunos carentes e pode ter lesado cerca de 10 mil pessoas, segundo a polícia.

A prisão aconteceu durante uma ação conjunta das polícias civil de Pernambuco e da Paraíba. Segundo o delegado Thiago Pinto, da Polícia Civil de Pernambuco, o angolano era proprietário de uma faculdade, que possuía diversos polos de atuação e oferecia mensalidades a preços populares pelos cursos de Pedagogia, Letras, Administração, entre outros.

“Ele procurava pessoas carentes e oferecia cursos de graduação a preços bem mais baratos aos praticados no mercado. A atuação era em Goiana (PE), João Pessoa e em outras cidades de Pernambuco e do Rio Grande do Norte. Fizemos uma campana e conseguimos prender o suspeito aqui em João Pessoa”, contou o delegado.

Ainda segundo o delegado, as pessoas que participaram desses cursos devem procurar o Ministério Público para saber se vão poder aproveitar a grade curricular em outras faculdades para tentar concluir o curso em um local que tenha autorização do MEC.

O angolano foi levado para a Central de Polícia Civil na Capital e vai ser transferido para a Cadeia Pública de Goiana, em Pernambuco.

Em depoimento na Central de Polícia Civil da Paraíba, o suspeito disse que não era o responsável pelas aberturas das unidades da faculdade e negou o envolvimento dele com a prática de estelionato.

Fonte: Uol / Portal Correio/ G1

 


Tags: , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email