Mesmo com cobertura maior, 4G no Brasil foi 25% mais lento no último trimestre

4G no Brasil com 25% mais lento

4G no Brasil com 25% mais lento

Crescente número de novos celulares compatíveis com redes 4G pode explicar redução da velocidade

Um relatório com dados de redes móveis de diversos países apontou que a velocidade média do 4G brasileiro caiu cerca de 25% no quarto trimestre de 2015. Entre outubro e dezembro, a média das cinco principais operadoras em atividade no Brasil foi de 12 Mbps. Entre julho e setembro, a velocidade média foi 16 Mbps. A queda fez o país ter redes mais lentas que República Dominicana e Guatemala, com 13 Mbps cada. Entretanto, o Brasil tem redes mais velozes que Japão (12 Mbps) e Estados Unidos (10 Mbps), por exemplo. Os países com conexões 4G mais rápidas foram Singapura (37 Mbps), Nova Zelândia (29 Mbps), Hungria (28 Mbps), Israel (28 Mbps) e Coreia do Sul (27 Mbps).

Uma explicação provável para a queda da velocidade é o crescente número de novos smartphones 4G. De acordo com a IDC, cerca de cinco milhões de celulares com essa característica foram vendidos no terceiro trimestre de 2015. Quanto mais aparelhos disputando a mesma rede, maior será o congestionamento e a velocidade será reduzida.

O levantamento também comparou a cobertura entre os países. Ao invés de utilizar o território do país, o relatório definiu cobertura como o tempo em que o usuário tem acesso a redes 4G. As operadoras com atividade no país oferecem, em média, 53% da cobertura, isto é, o usuário pode acessar redes 4G em 53% do tempo. O Brasil ficou atrás de países como Paquistão (58%) e Omã (54%), mas à frente de Argentina e França, com 51% cada. A cobertura depende da extensão do país. Por este motivo, países com áreas menores como Coreia do Sul, Japão, Hong Kong, Kuwait e Holanda são os líderes em cobertura.

Além disso, o relatório comparou a velocidade média entre diferentes tipos de redes móveis pelo mundo. Em média, as redes 4G alcançaram 13,5 Mbps. As redes 3G e Wi-Fi têm 3,5 Mbps e 6 Mbps, respectivamente. O levantamento foi feito pela OpenSignal a partir de dados enviados por usuários por meio do aplicativo da empresa.

Fonte: Ig/Último Segundo/Tecnoligia


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email