Rosa Weber julgará recurso de Lula após Fachin se declarar suspeito para função

Rosa Weber julgará recurso de Lula após Fachin se declarar suspeito para função

Rosa Weber julgará recurso de Lula após Fachin se declarar suspeito para função

Ministro justificou desistência afirmando ser amigo de advogado do ex-presidente; ação no Supremo Tribunal Federal pode reverter suspensão da posse de Lula na Casa Civil

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, foi escolhida nesta segunda-feira (21) para ser a relatora de um pedido de habeas corpus protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A distribuição, feita por meio eletrônico, ocorreu após Edson Fachin abrir mão da função por se considerar suspeito para ela, justificando ter uma relação pessoal com uma das pessoas que assinaram a ação – um dos advogados do ex-presidente.

O objetivo da defesa de Lula é derrubar decisão da última sexta-feira (18) do ministro Gilmar Mendes, que barrou a posse do ex-presidente na Casa Civil e transferiu as investigações sobre o ex-presidente na Lava Jato de volta ao juiz federal Sérgio Moro.

No domingo (20), a petição da defesa do ex-presidente foi endereçada ao presidente do STF, Ricardo Lewandowski. No entanto, na manhã desta segunda-feira, Lewandowski decidiu distribuir o habeas corpus eletronicamente, por entender que o assunto não é de competência da presidência do tribunal.

Além dos advogados de defesa de Lula, seis juristas assinam a ação protocolada no STF: Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancaner, Fabio Konder Comparato, Pedro Serrano, Rafael Valim e Juarez Cirino dos Santos.

Fonte: Último Segundo/Política/EBC agencia Brasil


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email