Médico que matou paciente com soco é condenado a 9 anos de prisão

medico que matou paciente é condenado

medico que matou paciente é condenado

Russo se descontrolou com homem que teria desrespeitado enfermeira em hospital; caso ocorreu em dezembro de 2015

Um médico russo que ficou conhecido internacionalmente por ter se descontrolado e matado um paciente com um soco foi condenado nesta quinta-feira (24) a nove anos e dois meses de prisão. O tribunal da cidade de Belgorod declarou que Ilya Zelendinov também será proibido de exercer sua profissão por até três anos depois de ser libertado.

O caso, que ocorreu em 29 dezembro de 2015 mas só se tornou público em janeiro, chocou internautas após um vídeo das câmeras de segurança do hospital serem divulgadas por canais de televisão do país.

Impressionante, a gravação de pouco mais de 11 minutos mostra o médico interrompendo um exame e socando violentamente a cabeça do paciente Yevgeniy Bakhtin, de 56 anos, que aparece caindo na mesma hora no chão, nocauteado.

Mesmo com o paciente desacordado, Zelendinov continua brigando com um outro homem, não identificado, que tentava intervir na confusão, supostamente causada pelo mau comportamento de Bakhtin com enfermeiras colegas do médico. O profissional parece só perceber a gravidade de seu golpe minutos depois de aplicá-lo, quando surge desesperado nas imagens tentando reanimar o paciente, gritando pela ajuda das enfermeiras com que trabalha.

Na época, Zelendinov se declarou culpado pelo acontecimento e pediu desculpas aos familiares da vítima. O Comitê de Investigações de Belgorod também culpou o profissional e declarou que por sua formação médica, Zelendinov “certamente sabia sobre as potenciais consequências de um soco na cabeça”.

Fonte: Último Segundo/Mundo


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email