Monica Iozzi e Maíra Charken desafiam regras da Globo e não medem palavras

Monica Iozzi e Maíra Charken desafiam regras da Globo e não medem palavras

Monica Iozzi e Maíra Charken desafiam regras da Globo e não medem palavras

Contrariando recomendações da emissora, apresentadoras soltam o verbo nas redes com opiniões políticas

Monica Iozzi nunca foi o tipo de pessoa a ter papas na língua. Desde seus dias de “CQC”, a apresentadora sempre se mostrou muito certa de suas convicções e nunca se deixou ser controlada ou retraída por ninguém.

Na Globo, muitos acharam que ela seria mais comedida. Erraram. No “Vídeo Show”, teve toda a liberdade para falar besteiras, fazer piada e controlar o programa com uma naturalidade que faltava na bancada do vespertino.

Agora, fora do comando do “Video Show”, Monica tomou conta das redes sociais para dizer o que pensa sobre a política do Brasil, ignorando o veto da emissora em relação a posicionamentos políticos. Suas postagens do Twitter confirmam que ela sabe bem o que está fazendo e não tem intenção nenhuma de se censurar por causa disso.

Ao mesmo tempo, sua substituta no programa, Maíra Charken, segue seus passos, expressando no Facebook sua indignação com nomes como Eduardo Cunha e Jair Bolsonaro.

Veja alguns dos posts que as duas andam compartilhando em suas redes sociais:

Meu Deus!!! Que momento triste vivemos. Como estamos equivocados, cegos. Somos um povo que se informa apenas por manchetes do JN…

Essa é pra você que, apesar de apoiar Jair Bolsonaro e sua trupe, ainda se considera humano. http://youtu.be/ju80vxDc1HA

Não aprovo governo, não aprovo oposição. Acho a mídia tendenciosa. Não me sinto bem informada, nem representada por ninguém. E agora, José?

@anacluka Sou a favor das manifestações. Mas que nos manifestemos contra todos os culpados de TODOS os partidos!

É claro que existe uma parcialidade da imprensa a favor do PSDB. Mas enxergar e criticar isso, não faz de você um defensor do governo. Aff!
E 37 são réus em processos que envolvem corrupção. #Hipocrisia

Por que isso não me surpreende? PMDB, câncer político do Brasil.

PMDB todo reunido hoje para deixar o governo. Nunca houve tantos homens oportunistas e sem escrúpulos num mesmo recinto. Sanguessugas!!!

Assim como foi com o FHC E PSDB. O PMDB é parasita dos partidos mais fortes do país no momento.

O Temer precisa parar a Lava Jato antes que ela chegue até ele. Ou então, se Dilma cair, ele cai junto.

Claro que não. PSDB também tá em muita sujeira aí.
Temer. Com certeza, Temer. Tirando o Bolsonaro, qualquer um seria melhor que ele!

Cunha? Quem é Cunha mesmo? Ah, é aquele corrupto que sumiu de repente dos jornais.

Fonte: Último Segundo/Gente


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email