Senador do PSDB entra com representação criminal contra Dilma

Senador do PSDB entra com representação criminal contra Dilma

Senador do PSDB entra com representação criminal contra Dilma

Líder do partido no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), alega que presidente cometeu crime de corrupção em nomeação de Lula

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), líder do partido no Senado, entrou nesta segunda-feira (11) com uma representação criminal na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a presidente Dilma Rousseff.

O senador alega que Dilma praticou crime de corrupção passiva privilegiada ao tentar nomear o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Cunha Lima quer ainda que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, faça uma investigação policial com o objetivo de apurar a materialidade e a autoria dos fatos.

“O ato de nomeação praticado pela presidente Dilma demonstra a nítida intenção de beneficiar o ex-presidente Lula. Ela comete infração de seu dever funcional ao não observar e zelar pelos princípios constitucionais da moralidade, da impessoalidade e de atentar contra o livre exercício do Poder Judiciário”, afirmou o senador.

Na semana passada, Janot mudou o seu entendimento em relação à nomeação de Lula e pediu para que o Supremo Tribunal Federal (STF) anulasse a posse do ex-presidente. O procurador-geral da República argumentou que houve desvio de finalidade na nomeação de Lula, e, se a posse for aceita pelo plenário do Supremo, poderia embasar uma futura investigação de tentativa de obstrução da Justiça por parte de Dilma.

Fonte: Último Segundo/Politica


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email