“Cunha liderava célula criminosa”, diz Janot

"Cunha liderava célula criminosa", diz Janot

“Cunha liderava célula criminosa”, diz Janot

Procurador-geral da República afirma em pedido de abertura de inquérito entregue ao STF que presidente da Câmara atuou para favorecer empresa e doleiro em esquema em Furnas

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, acusou o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de liderar uma célula criminosa em Furnas, empresa subsidiária da Eletrobras, investigada na Operação Lava Jato. A denúncia está no pedido de abertura de um inquérito o parlamentar feito ao Supremo Tribunal Federal, nesta segunda-feira (2).
“Sabemos que a organização criminosa é complexa e que, tudo indica, operou muitos anos por meio de variados esquemas estabelecidos dentro de Furnas e da própria Câmara dos Deputados, entre outros órgãos públicos. Essa célula tem como um dos seus líderes o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha”, disse Janot.
O PGR afirma que, conforme depoimento de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (ex-PT/MS), Cunha atuou na Câmara para alterar a legislação do setor elétrico, entre 2007 e 2008, a fim de favorecer a empresa Serra da Carioca II na venda de ações para Furnas.

No mesmo depoimento, Delcídio relatou que Cunha tinha pessoas indicadas em Furnas. Segundo ele, o peemdebista usava requerimentos para convocar empresários que tinham contratos com a estatal. “Este procedimento de fazer requerimentos e usar expedientes parlamentares é muito comum do Eduardo Cunha”, destacou o senador em outro trecho.
Fonte: Último Segundo/Politica/Agência Brasil


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email