Doença de pele espalhada pelo Estado Islâmico afeta outros países

Doença de pele espalhada pelo Estado Islâmico afeta outros países

Doença de pele espalhada pelo Estado Islâmico afeta outros países

Leishmaniose cutânea, transmitida por parasita presente em tipo de inseto, já infectou milhares em áreas sob controle do EI

Leishmaniose cutânea, doença transmitida por parasita que provoca lesões profundas na pele, geralmente na face, começa a afetar países vizinhos aos territórios controlados pelo grupo extremista Estado Islâmico. Endêmica na Síria, a doença já foi conhecida como o “Diabo de Aleppo”, em referência à uma das grandes cidades sírias controladas pelo grupo.

De acordo com o grupo humanitário “Kurdish Red Crescent”, o principal motivo para a disseminação da doença seria o costume do grupo de deixar os cadáveres expostos nas ruas. No entanto, agora acredita-se que a falta de centros médicos nos locais controlados pelo Estado Islâmico pode ser responsável pelo alastramento.

Fonte: Último Segundo/Mundo/Ig São Paulo


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email