Em protestos contra violência policial, cerca de 200 pessoas são presas nos EUA

Em protestos contra violência policial, cerca de 200 pessoas são presas nos EUA

Em protestos contra violência policial, cerca de 200 pessoas são presas nos EUA

Chefe da polícia de St. Paul classificou agressão contra a polícia de “uma desgraça”; 21 policiais e 6 oficiais foram feridos

Cerca de duzentas pessoas foram presas nas capitais de Minessota, St. Paul e Louisiana, Baton Rouge, durante protestos contra recentes mortes de negros causadas pela polícia neste sábado (09) e domingo (10). Segundo as autoridades, 21 policiais de St. Paul e seis funcionários da guarda estadual de Minnesota foram feridos nos protestos do fim de semana.

E a onda de tensão racial nos Estados Unidos só aumenta. Para conter os protestos desse fim de semana, a polícia usou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar mais de 200 pessoas que bloqueavam a estrada Interestadual 94, a maior rodovia que liga as cidades gêmeas de Minneapolis e St. Paul. Os manifestantes jogavam pedras, garrafas e fogos de artifício contra as forças de segurança.

Mais de 50 manifestantes foram presos neste confronto, que varou a madrugada. Cerca de outras 50 pessoas foram detidas em outras partes da cidade, por atos de vandalismo.

O chefe da polícia de St. Paul, Todd Axtell, classificou a violência contra a polícia de “uma desgraça”. Os manifestantes alegam, no entanto, que os protestos foram pacíficos.
Entre os 99 presos na Louisiana está o proeminente ativista DeRay Mckesson, que faz parte do grupo Black Lives Matter, que denuncia a violência policial contra negros. As prisões ocorreram em diversos protestos com a morte de Alton Sterling, um negro de 37 anos, por dois policiais brancos.

Fonte: Último Segundo/Mundo/Estadão/Associated Press.


Tags: , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email