Tiroteio nos Estados Unidos matam três policiais e deixam outros feridos

Tiroteio nos Estados Unidos matam três policiais e deixam outros feridos

Tiroteio nos Estados Unidos matam três policiais e deixam outros feridos

Dois episódios distintos que mostram casos recentes de ações de violência contra agentes nos EUA. Um dos atiradores da Louisiana foi morto

A polícia do estado da Louisiana, nos Estados Unidos, informou que vários oficiais foram baleados em Baton Rouge, enquanto estavam em serviço. O tiroteio aconteceu na manhã deste domingo, próximo à sede da polícia do estado. Informações preliminares da mídia americana dão conta de três policiais mortos.
O sargento da Polícia de Baton Rouge, Don Coppola, não tinha informações sobre a extensão das lesões dos policiais ou dar o número exato de feridos. Ele diz que os policiais foram levados para um hospital local. Segundo Coppola, as autoridades acreditam que a “cena do crime está contida”, o que significa que é improvável que o atirador ainda esteja a solta.
As relações entre a polícia e a comunidade de Baton Rouge têm sido marcadas pela tensão desde o assassinato de Alton Sterling, de 37 anos, um homem negro morto por oficiais brancos no início deste mês após uma briga em uma loja de conveniência. A morte foi filmada via celular e circulou amplamente na internet.

A polícia da Louisiana confirmou que um dos atiradores deste domingo foi morto. Outros dois suspeitos estariam em fuga.
Ainda nos Estados Unidos um homem atirou e feriu gravemente um outro policial na cidade de Milwaukee, que fica menos de duas horas de Chicago.

Autoridades relatam que um suspeito abriu fogo contra um policial na cidade de Milwaukee, nos Estados Unidos, enquanto estava parado dentro do seu carro de patrulha. O policial ficou gravemente ferido. O atirador fugiu e aparentemente se suicidou pouco depois.

O sargento Tim Gauerke relata que os policiais atenderam a várias chamadas em uma rua da cidade na manhã deste domingo, incluindo duas relacionadas com violência doméstica em que o suspeito já havia fugido quando os policiais chegaram.
O oficial relatou que por volta das 2 horas (horário local), um oficial estava sentado em seu carro de polícia conduzindo a investigação, quando um suspeito se aproximou a pé e disparou contra o policial, atingindo-o várias vezes.
Cerca de 30 minutos mais tarde, os agentes ouviram um tiro nas proximidades e encontraram um homem que aparentemente tinha um tiro na cabeça, matando a si mesmo.

Gauerke diz que os investigadores acreditam que o homem morto era o suspeito dos incidentes de violência doméstica, e que ele é o atirador que atingiu o policial. Ele está na Polícia de Milwaukee há três anos, e foi hospitalizado com ferimentos graves, mas não corre risco de morte.
O sargento afirma que o homem tinha 20 anos, morava no subúrbio de West Allis e já havia sido preso anteriormente por dois crimes.

Fonte: Último Segundo/Mundo/ Estadão Conteúdo


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email