Enem: Forças Armadas farão a segurança das provas para evitar vazamentos

Enem: Forças Armadas farão a segurança das provas para evitar vazamentos

Enem: Forças Armadas farão a segurança das provas para evitar vazamentos

Exame Nacional do Ensino Médio será realizado nos dias 5 e 6 de novembro; apoio para a Operação Enem 2016 foi solicitado pelo Ministério da Educação

Com o objetivo de garantir a segurança no armazenamento e evitar o vazamento das provas, as Forças Armadas vão prestar novamente apoio logístico para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O apoio para a Operação Enem 2016 foi solicitado pelo Ministério da Educação.

A participação das Forças Armadas foi oficializada com a publicação de portaria na edição desta segunda-feira (18) do Diário Oficial da União. Desde 2009, os ministérios da Educação e da Defesa trabalham em parceria para assegurar que os exames não cheguem a mãos indevidas ou sejam utilizados de forma criminosa. As provas do Enem de 2016 serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro.
Vazamento

Em 2009, a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi roubada e pegou de surpresa 4 milhões de estudantes. A avaliação teve que ser adiada e refeita dois meses depois, registrando na época um índice recorde de abstenção – 1,5 milhão de pessoas deixaram de realizar o exame. As provas foram roubadas de dentro da Gráfica Plural, onde o material era impresso por funcionários do próprio consórcio que ganhou a licitação para aplicar o exame, o Connasel. Eles tentaram vender o exame ao jornal “O Estado de S.Paulo”, que denunciou o caso ao MEC.

O vazamento da prova levou o então presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes, a deixar o cargo.
Estudos

A nota do exame é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e participar do Programa Ciência sem Fronteiras. Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Para contribuir com os estudos para a prova, o MEC disponibilizou a plataforma Hora do Enem que oferece gratuitamente um plano de estudos individual para quem quer se preparar para o exame. O site também permite ao candidato participar de simulados nacionais, além de ter acesso ao Mecflix, portal com mais de 1,2 mil vídeo-aulas.

Último Segundo/Educação/Com informações da Agência Brasil


Tags: , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email