Primeiro ouro do Rio 2016 sai para americana de 19 anos, na carabina de ar 10m

Primeiro ouro do Rio 2016 sai para americana de 19 anos, na carabina de ar 10m

Primeiro ouro do Rio 2016 sai para americana de 19 anos, na carabina de ar 10m

Virginia Thrasher faturou o ouro na prova de carabina de ar 10m; Li Du e Siling Yi completaram o pódio

A primeira disputa de medalhas dos Jogos Olímpicos foi um prenúncio do que deve ser a briga no quadro de medalhas até o fim do Rio-2016, com China, nesse caso com duas competidoras, e Estados Unidos, disputando ouro, prata e bronze. Virginia Thrasher, de apenas 19 anos, campeã universitária em seu país, chegou em vantagem à parte final da competição de carabina de ar 10 metros em Deodoro e faturou o ouro para os Estados Unidos. Li Du ficou com a prata e Siling Yi levou o bronze.

A final foi disputada por oito atletas, com a de pior pontuação sendo eliminada em rodadas intercaladas, a partir da oitava série. Após 16 tiros, só sobraram as chinesas e a norte-americana. Quando só três atletas estavam na prova, Siling Yi sentiu o nervosismo, passou longe do centro do alvo nos dois tiros que deu, e acabou eliminada.

No “mano a mano”, Thrasher tinha 0,7 pontos de vantagem sobre Li Du. Ambas fizeram 10,5 no primeiro tiro e só um erro tiraria o ouro da americana. No segundo, Thraser não foi tão precisa, com 10,4, mas garantiu o ouro. A final foi acompanhada pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, que chegou atrasado com sua comitiva.

Durante a fase preliminar da prova, Li Du bateu o recorde olímpico, com 420,7 pontos, uma vez que essa era a primeira vez que a carabina de ar feminina teve esse formato. O recorde mundial, da também chinesa Dongqi Chen, é de 422,9.

No estande da final, algumas dezenas de chineses vibraram a cada tiro de suas atletas. Já os torcedores russos tentaram fazer de tudo para atrapalhar as favoritas, batendo palmas e assoprando buzinas. Foram criticados pela falta de educação. O evento deste sábado contou com a participação da brasileira Rosane Budag, que ficou na modesta 50.ª e penúltima colocação.

Fonte: Último Segundo/Olímpiadas 2016/Estadão


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email