Um em cada quatro alunos sem Fies abandonam curso superior, aponta estudo

Um em cada quatro alunos sem Fies abandonam curso superior, aponta estudo

Um em cada quatro alunos sem Fies abandonam curso superior, aponta estudo

Estudo divulgado no Mapa do Ensino Superior do Brasil aponta que em 2014, 25,9% dos alunos que não tinham financiamento evadiram no primeiro ano

O porcentual de jovens que abandonam o ensino superior na rede privada no primeiro ano do curso é 3,5 vezes maior entre aqueles que não foram contemplados com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Em 2014, 25,9% dos alunos que não tinham o financiamento evadiram no primeiro ano de curso. Entre os que foram contemplados com o financiamento, a evasão foi de 7,4%. Na rede pública, a taxa é de 18,3%.
O Fies é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos e oferece ao estudante a oportunidade de financiar a mensalidade, ou parte dela, com juros de 6,5% ao ano.
O estudo, divulgado na segunda-feira (29) no Mapa do Ensino Superior do Brasil feito pelo Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), com base em números do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), mostra ainda que apenas quatro em cada dez alunos de universidades particulares concluem o curso em até cinco anos – nas públicas, são cinco em cada dez.
Diretor executivo do Semesp, Rodrigo Capelato, disse que a evasão é maior entre os alunos sem o financiamento porque eles têm menos segurança financeira em continuar no ensino superior e por terem menos certeza de que estão no curso certo. “O aluno com Fies entrou no curso que queria, na universidade que almejava. Já o aluno sem Fies tem compromisso menor por não ter tido tanta opção.”
A taxa de evasão é maior nas licenciaturas (27,9%) e engenharias (26,2%). As menores taxas são registradas em Odontologia (14,5%) e Medicina (4,8%). “A evasão nas licenciaturas é maior porque o aluno não encontra um curso que gostaria. Já nas engenharias os alunos que chegam despreparados, sem uma boa educação básica, acabam indo mal nas disciplinas e desistem”, afirma Capelato.
MEC
O Ministério da Educação destacou em nota que “o financiamento estudantil [Fies] não é o único ponto” a se analisar quando se fala de evasão. O problema é múltiplo e envolveria “desde a dificuldade financeira até questões como qualidade dos cursos e expectativa do aluno”.
Fonte: Último Segundo/Educação/Com informações do Estadão Conteúdo


Tags: , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email