Apenas quatro escolas públicas atingem nota mais alta na redação do Enem 2015

Apenas quatro escolas públicas atingem nota mais alta na redação do Enem 2015

Apenas quatro escolas públicas atingem nota mais alta na redação do Enem 2015

Apesar do desempenho ruim, média nacional nesta competência aumentou ante 2014; participantes tiveram de escrever sobre violência contra mulher

Balanço divulgado nesta terça-feira (4) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revela que somente quatro escolas públicas em todo o País obtiveram nota máxima na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015, que foi aplicado em outubro.

Das quatro instituições públicas que registraram média igual ou superior a 800 pontos na redação, três são federais e uma é estadual. São elas, respectivamente: Colégio de Aplicação do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco (em Recife), Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (Minas Gerais), Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (Rio Grande do Sul) e Escola de Aplicação do Recife, que é ligada à Universidade de Pernambuco.
A média igual ou maior que 800 pontos equivale ao nível 5 de avaliação, que é considerado o grau mais alto de proficiência definida para os participantes do exame. As escolas que obtiveram essa pontuação têm mais da metade dos alunos enquadrados nesta faixa de avaliação – que vai de 800 a 1.000 pontos.
Considerando todas as instituições de ensino do País que tiveram estudantes inscritos do Enem, somente 115 alcançaram a média superior a 800 pontos. A quantidade equivale a quase 0,8% do total de escolas que integram o levantamento: no ano passado, foram aproximadamente 15 mil colégios brasileiros. Foram divulgados os dados referentes às entidades em que pelo menos metade dos alunos do terceiro ano do ensino médio fizeram o Enem, desde que o número seja maior que dez. No Brasil, são 25.777 escolas com estudantes matriculados na última série do ensino médio.

Na unidade Mocambinho do Instituto Educacional São José, em Teresina (Piauí), 94,12% dos alunos que participaram do Enem 2015 tiveram a média da redação dentro da faixa mais alta de pontuação. Foi o mais alto percentual do País.
A produção de textos é a única parte subjetiva da prova do Enem. O objetivo é avaliar os participantes em relação ao domínio da escrita formal e à capacidade de organizar ideias e interpretar informações fornecidas como base. O restante do exame é composto por testes de múltipla escolha. Também fazem parte do material questões das áreas de matemática, linguagens e ciências humanas e da natureza.
O coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, classifica a redação como o elemento “mais interessante” do Enem. “Comprova dois fatores fundamentais para a emancipação do indivíduo: o repertório e a capacidade de argumentação”, analisa. “As escolas públicas detêm 80% das matrículas. O número [com maiores notas] deveria ser maior”, pondera.
Elevação
Segundo o Ministério da Educação, a média nacional da redação do Enem 2015 cresceu na comparação com o ano anterior, passando de 491 para 543 pontos. O tema de 2015 foi “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”. Na prova de 2014, os alunos tiveram de produzir um texto comentando sobre a publicidade infantil e seus efeitos.

Para Mozart Neves Ramos, diretor de articulação e inovação do Instituto Ayrton Senna, a criação de novas plataformas para o treinamento dos estudantes contribuiu para elevar o desempenho dos alunos na redação. Entre os mecanismos citados está a possibilidade de produção de textos online. “A tecnologia está ajudando a melhorar os dados de redação e coloca o estudante em contato com professores e corretores para treinar.”

Fonte: Último Segundo/Educação/EBC Agência Brasil


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email