Lula e ex-presidente do Uruguai participam de ato contra governo Temer em SP

Lula e ex-presidente do Uruguai participam de ato contra governo Temer em SP

Lula e ex-presidente do Uruguai participam de ato contra governo Temer em SP

De acordo com organizadores, ato programado para domingo é contra aprovação da PEC 55 e “a favor da democracia” e da “liberdade democrática”

O ex-presidente Lula e o ex-presidente do Uruguai, José Mujica, devem se unir a manifestantes no próximo domingo (27) contra a PEC 55, também conhecida como a “Pec do Teto”, em um grande ato marcado para ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo. As informações são do Partido dos Trabalhadores (PT).
De acordo com os idelaizadores do protesto, as frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, a manifestação é “a favor da democracia” e “das liberdades democráticas”, além de ser contra o governo Michel Temer, do qual Lula faz fortes críticas diretas em suas redes sociais.

“Mujica aceitou o convite por considerar que a luta pela manutenção dos direitos sociais é uma luta da humanidade”, afirmou o senador Linderbegh Farias à agência do PT.
A PEC 55
A PEC prevê um teto para os gastos públicos por 20 anos, a partir de 2017, com a possibilidade de revisão da regra a partir do décimo ano de vigência. Pela medida, os gastos públicos totais serão reajustados com base na inflação oficial do ano anterior. Na Câmara, a PEC tramitou com o número 241 e, no Senado, ganhou o número 55.

Em outubro, os líderes partidários do Senado definiram, em acordo com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), um calendário para a análise e votação da PEC. Pelo cronograma aprovado, a PEC deverá ser votada em primeiro turno no plenário no dia 29 de novembro e, em segundo turno, no dia 13 de dezembro. Se a matéria for aprovada dentro desse prazo, será promulgada no dia 15 de dezembro, último de trabalho no Senado antes do recesso parlamentar.
O presidente Temer e integrantes do governo têm defendido que a PEC é essencial para o ajuste fiscal e a recuperação econômica do País. Quando a PEC estava em discussão na Câmara, Temer também ofereceu um luxuoso jantar a deputados da base aliada, duramente criticado por Lula e pela oposição.
Fonte: Último Segundo/Brasil/Ig. São Paulo


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email