Presidente Michel Temer deixa Arena Condá sem vaias ou pronunciamento

Presidente Michel Temer deixa Arena Condá sem vaias ou pronunciamento

Presidente Michel Temer deixa Arena Condá sem vaias ou pronunciamento

Até a noite da última sexta-feira, o Planalto só confirmava a presença de Temer no aeroporto da cidade, para recepcionar a chegada dos caixões

O presidente Michel Temer deixou a Arena Condá, na tarde deste sábado (3), sem realizar nenhum tipo de pronunciamento. O local recebeu o velório coletivo de 50 vítimas do acidente aéreo com o time da Chapecoense.
Temer, que só confirmou sua presença pela manhã, acompanhou as homenagens aos jogadores e dirigentes da Chapecoense ao lado de autoridades, como o prefeito da cidade. Luciano Buligon vestia a camisa do time Atlético Nacional, da Colômbia, e foi aplaudido ao agradecer o povo colombiano.
Até a última sexta-feira, o Planalto só confirmava a presença de Temer no aeroporto da cidade, para recepcionar a chegada dos caixões. Nos bastidores, o que se falava é que o presidente estaria com medo de ser vaiado durante o velório no estádio. Moradores de Chapecó passaram, então, a compartilhar pedidos para que não houvessem manifestações políticas caso o líder brasileiro decidisse comparecer ao local.
“Não pensem no mau momento da política brasileira (…) Não vamos para a Arena criticar o Temer… ao contrário, gente, vamos lá nos despedir dos guerreiros”, diz uma mensagem escrita no Facebook na última quinta-feira e compartilhada dezenas de vezes em grupos de WhatsApp na cidade. Quando o nome de Temer foi citado pelo prefeito da cidade durante a cerimônia, não ocorreu nenhum tipo de manifestação.
Confirmação
O presidente chegou em Santa Catarina por volta das 8h50, quando também anunciou que participaria do velório. Ele foi recebido pelo governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo e pelos ministros do Esporte Leonardo Picciani e do trabalho, Raimundo Nogueira.
Temer afirmou em entrevista a jornalistas que já estava decidido ir ao velório, mas que não confirmou a presença para “facilitar a vida de todos”. “Se eu dissesse, a segurança iria colocar pórticos ao redor e revistar as pessoas que entram.”
Fonte: Último Segundo/Brasil/Ig. São Paulo


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email