Museu da Língua Portuguesa será reaberto em março de 2019, diz Alckmin

Museu da Língua Portuguesa será reaberto em março de 2019, diz Alckmin

Museu da Língua Portuguesa será reaberto em março de 2019, diz Alckmin

Obras para reconstrução do edifício, na região central de São Paulo, deverão custar R$ 65 milhões; espaço foi atingido por incêndio em dezembro de 2015

Atingido por um incêndio em dezembro do ano passado, o Museu da Língua Portuguesa, na região central de São Paulo, terá as obras de reconstrução iniciadas no mês de dezembro. A previsão é de que os trabalhos estejam concluídos até o fim de 2018. O serviço de restauração está avaliado em R$ 65 milhões.

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta segunda-feira, em evento realizado no Palácio dos Bandeirantes, a assinatura de um acordo entre o poder público e a iniciativa privada para viabilizar a reconstrução do museu. Participam da parceria a EDP, o Grupo Itaú e o Grupo Globo.
A previsão é de que a iniciativa privada invista R$ 36 milhões para as obras. Outros R$ 34 milhões serão recebidos pelo Estado a título de indenização do seguro contra incêndio. O valor total chega a R$ 70 milhões. Como as obras devem demandar R$ 65 milhões, os R$ 5 milhões restantes serão usados para pagar as ações emergenciais já feitas e para bancar o primeiro ano de manutenção do edifício, após a reabertura.
Apesar de as obras estarem previstas para ser finalizadas em dezembro de 2018, o espaço só deverá ser aberto ao público em março de 2019. Isso porque, depois de concluída a reconstrução, as equipes deverão demorar cerca de três meses para implantar a infraestrutura interna.
“Hoje estamos dando um grande passo para restaurar o museu e torná-lo mais moderno, com novas tecnologias e preservando os aspectos cultural e arquitetônico, com todos os projetos já devidamente aprovados”, disse o governador. Ele garantiu que o espaço terá acessibilidade segurança contra incêndio.
Segundo o governo de São Paulo, as obras foram aprovadas pelos três órgãos ligados à preservação do patrimônio histórico: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), órgão de âmbito estadual; e Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp).
Repercussão
O anúncio sobre a futura reabertura foi elogiado pelo embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Dias Cabral, que participou do evento na sede do governo paulista.
“Hoje temos motivos de sobra para nos sentirmos orgulhosos ao ver o Estado de São Paulo e todos os patrocinadores unidos por uma causa tão nobre que é a reconstrução do nosso Museu da Língua Portuguesa”, comentou Cabral.
Fonte: Último Segundo/Brasil/Ig. São paulo


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email