Avião militar russo sofre acidente na Sibéria com 39 pessoas a bordo

Avião militar russo sofre acidente na Sibéria com 39 pessoas a bordo

Avião militar russo sofre acidente na Sibéria com 39 pessoas a bordo

Pouso forçado deixou pelo menos 32 feridos, dos quais 16 estão em estado grave; aeronave foi localizada às 8h horas locais, 3h15 após o acidente

Um avião militar do Ministério da Defesa da Rússia caiu nesta segunda-feira (19), na Sibéria, com 39 pessoas a bordo. De acordo com fontes de Moscou, todas as vítimas sobreviveram ao acidente.

O avião, modelo IL-18, caiu no distrito de Bulunskij devido às más condições climáticas. Das 39 pessoas a bordo, sete eram membros da tripulação. O Ministério da Defesa informou que, ao todo, há 32 feridos, sendo que 16 deles estão em condições graves.

Todas as vítimas feridas foram hospitalizadas em centros de saúde de Moscou ou de São Petersburgo. A queda do avião aconteceu por volta das 4h45 locais (às 23h45 deste domingo, no horário de Brasília), a cerca de 30 quilômetros do aeroporto de Tiksi.
O avião militar deveria pousar na área do porto de Tiksi, quase 1.100 km ao norte de Yakutsk, a capital regional.
O Ministério da Defesa informou também que uma equipe de investigadores militares foi enviada ao local da queda. A aeronave foi localizada às 8h locais, segundo as autoridades.
Marinha russa perdeu dois caças em missão na Síria
No início do mês, no dia 3 de dezembro, o porta-aviões Almirante Kuznetsov, da marinha da Rússia, perdeu um caça Sukhoi Su-33, informou o site The Aviationist. A embarcação russa está posicionada no Mar Mediterrâneo, de onde está lançando ataques contra rebeldes na Síria.

De acordo com o site, a aeronave se acidentou enquanto realizava sua segunda tentativa de pousar no convés de voo no navio-aeródromo. Na situação, as condições climáticas eram favoráveis, com visibilidade e ventos fracos, acrescentou a publicação.
Ainda de acordo com o site, o piloto conseguiu ejetar do avião com sucesso e, em seguida, foi resgatado no mar por um helicóptero.

Esse foi o segundo caça embarcado no Almirante Kuznetsov perdido durante a intervação russa no conflito sírio. No dia 14 de novembro, o MiG-29K se acidentou também enquanto tentava retornar para a embarcação. Nessa ocasião, os dois tripulantes da aeronave também conseguiram ejetar em segurança e foram resgatados.
Nenhum dos três acidentes de avião deixou russos mortos.
Fonte: Último Segundo/Mundo/ Com informações da Agência Ansa.


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email