Acidente ou sabotagem? Filho de Teori Zavascki confirma morte de ministro

Acidente ou sabotagem? Filho de Teori Zavascki confirma morte de ministro

Acidente ou sabotagem? Filho de Teori Zavascki confirma morte de ministro

Aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo. Acidente deixou três mortos e um sobrevivente. Há 50 militares e três embarcações da Marinha envolvidos nas buscas, além de bombeiros e de barcos pesqueiros

Um avião bimotor caiu na tarde desta quinta-feira (19) em Paraty, na região da Costa Verde fluminense. Entre os quatro passageiros, estava o ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, que morreu no acidente aéreo. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty.
O filho do ministro do STF, Francisco Zavascki, publicou uma mensagem no Facebook em que confirma a morte de Teori na queda da aeronave em mar no estado do Rio de Janeiro.
Segundo o canal de notícias “Globo News”, o Corpo de Bombeiros afirmou que apenas uma pessoa teria sobrevivido ao acidente. A aeronave modelo King Air C90, prefixo PR-SOM, pertence a Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras.
No momento do acidente, a região estava em estado de atenção por causa da forte chuva. O Corpo de Bombeiros informou que o avião caiu no mar, próximo à Ilha Rasa, e está parcialmente submerso. Além dos bombeiros da cidade, homens do quartel de buscas e salvamento da Barra da Tijuca, no Rio, se deslocam para o local para auxiliar nas buscas.

A Anac informou que a documentação da aeronave estava regular. O certificado era válido até abril de 2022, e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.
Buscas de corpos e resgate
A Marinha, por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informou que tomou conhecimento por volta das 13h45 da queda da aeronave. Imediatamente, a Agência da Capitania dos Portos em Paraty enviou ao local do acidente uma equipe, a fim de prestar apoio na busca aos tripulantes da aeronave.
No momento, 50 militares e três embarcações da Marinha do Brasil estão envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do estado do Rio de Janeiro e de barcos pesqueiros. O Navio Patrulha Oceânico “Amazonas” irá para o local do acidente.
Em nota, o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro afirmou que “militares conseguem visualizar três vítimas que estão presas às ferragens. Parte da aeronave está submersa e os bombeiros trabalham para estabilizar o equipamento. O resgate está em andamento”.

“Sabotagem”
Porém, muitas pessoas estão levantando a teoria conspiratória de que pode ter acontecido uma “sabotagem” com a queda da aeronave onde estava o ministro do STF, já que Zavascki é o relator da Operação Lava Jato.

Aliás, a “coincidência” que não deixou de ser lembrada nesta quinta-feira se trata da morte do “Homem Diretas Já”, o deputado federal Ulysses Guimarães (PMDB-SP), em 12 de outubro de 1992, cujo corpo nunca foi encontrado.
O acidente de Ulysses ocorreu em localização próxima do acidente aére desta quinta-feira. Na época, o helicóptero em que o deputado viajava com o senador Severo Gomes, desapareceu entre Angra dos Reis, na Costa Verde fluminense, e a cidade de São Paulo.
Fonte: Último Segundo/Brasil/Com informações da Agência Brasil e BBC Brasil


Tags: , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email