Mãe e filha, professora infantil e massoterapeuta, morreram em avião com Teori

Mãe e filha, professora infantil e massoterapeuta, morreram em avião com Teori

Mãe e filha, professora infantil e massoterapeuta, morreram em avião com Teori

Ambas participaram da viagem a convite do empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do avião, para quem Maira prestava serviço de massoterapia

O Grupo Emiliano divulgou, na manhã desta sexta-feira (20), a identidade das duas mulheres que estavam no avião que caiu em Paraty, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (19), resultando na morte de cinco pessoas, entre elas o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki.

As vítimas eram Maira Ilda, 23 anos, que era massoterapeuta, e sua mãe Maria Ilda, 55 anos, professora da rede infantil de ensino. Ambas participavam da viagem a convite do empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do avião , que também morreu no acidente.
Maira, a filha, prestava serviço a Filgueiras, que passava por tratamento no ciático. Maria, a mãe, veio de Juína, no Mato Grosso, para visitar a filha que morava em São Paulo. Elas iriam passar o fim de semana em Paraty com o empresário.
A quinta vítima do acidente foi o piloto Osmar Rodrigues, de 56 anos. O ministro Teori Zavascki, 68 anos, era amigo de Filgueiras.
Em nota, o Grupo Emiliano disse ainda que Maria Ilda estava em São Paulo para comemorar o seu aniversário ao lado da filha. A nota também informa que o Grupo “registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos” e “que está prestando apoio e informações aos familiares”.

Também nesta sexta, o Corpo de Bombeiros resgatou os últimos dois corpos, que estavam presos à fuselagem do avião. De acordo com os bombeiros, um homem e uma mulher foram retirados dos destroços submersos do avião pelas equipes de resgate. O corpo masculino era do piloto.
Os corpos do empresário, do ministro e de uma das mulheres já haviam sido resgatados no início da madrugada desta sexta e levados para o Instituto Médico Legal do município vizinho de Angra dos Reis.
Acidente levantou teoria de “sabotagem”
O avião bimotor, que tinha capacidade para oito pessoas, caiu na tarde desta quinta-feira (19) em Paraty, na região da Costa Verde fluminense. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty.

No momento do acidente, a região estava em estado de atenção por causa da forte chuva. O Corpo de Bombeiros informou que o avião caiu no mar, próximo à Ilha Rasa, e estava parcialmente submerso. Além dos bombeiros da cidade, homens do quartel de buscas e salvamento da Barra da Tijuca, no Rio, haviam se deslocado para o local para auxiliar nas buscas.
Após o acidente, muitas pessoas passaram a levantar a teoria conspiratória de que poderia ter acontecido uma “sabotagem” com a queda do avião onde estava o ministro do STF, já que Teori Zavascki é o relator da Operação Lava Jato.
Fonte: Último Segundo/Brasil/Ig, São Paulo


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email