Chuva forte deixa toda capital paulista em estado de atenção para alagamentos

Chuva forte deixa toda capital paulista em estado de atenção para alagamentos

Chuva forte deixa toda capital paulista em estado de atenção para alagamentos

CGE registra cinco pontos intransitáveis, quatro na zona norte e um na zona oeste; há potencial para rajadas de vento, raios e formação de alagamentos


A cidade de São Paulo está toda em estado de atenção no final na tarde desta segunda-feira (6), segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Este estado é decretado quando se considera que a chuva tem potencial para a formação de alagamentos (precipitação intermitente ou contínua e/ou moderada a forte).
–  Desmoronamento deixa ao menos 12 feridos em São Paulo após fortes chuvas
Áreas de instabilidade formadas pela alta disponibilidade de umidade e pelo forte calor atuam com intensidade nas zona oeste – nos bairros do Butantã, Pinheiros, Perdizes e Barra Funda.  Imagens do radar meteorológico mostram chuva com potencial para queda de granizo na zona norte, principalmente nos bairros de Cachoeirinha, Casa Verde, Mandaqui, Santana, Tucuruvi e Vila Medeiros.

Na zona leste, chove moderado nos bairros do Brás, Pari, Belém, Tatuapé, Penha e Cangaíba. Na zona sul, nos bairros de Santo Amaro, Campo Grande e Capela do Socorro chove moderado. Essas instabilidades com deslocamento lento têm potencial para rajadas de vento, raios e formação de alagamentos.
No Aeroporto do Campo de Marte, na zona norte, as rajadas de vento chegaram a 70,4 km/h, por volta das 17h45. De acordo com os meteorologistas do CGE, as próximas horas seguem chuvosas.

Alagamentos
A CGE já registra cinco pontos intransitáveis na capital, quatro na zona norte e um na zona oeste, são eles:
– Os dois sentidos da Rua Horácio Vergueiro Rudge, a Avenida Ordem e Progresso e a Avenida Antônio Munhoz Bonilha, na Casa Verde; a Avenida Olavo Fontoura, em Santana e a Rua Joaquim Manuel de Macedo, na Lapa.
A CGE fez uma lista com possíveis medidas para “amenizar os efeitos dos alagamentos”:
– Evite transitar em ruas alagadas;
– Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas. Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;
– Mantenha-se longe da rede elétrica;
– Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;
– Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) por meio do número 1188.
Previsão para a semana
Os volumes de chuva mais significativos nesta semana se concentram sobre os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Na Grande São Paulo e Capital, as pancadas serão isoladas e associadas ao calor e umidade.
Na terça-feira (7), o sol predomina entre poucas nuvens desde o amanhecer, com termômetros durante a madrugada em torno dos 21ºC. Ao longo do dia a máxima chega aos 30ºC, nas horas mais quentes, com as menores taxas de umidade acima dos 50%. As pancadas de chuva retornam no fim da tarde por conta da chegada da brisa marítima.
+  Em estado de observação, São Paulo tem queda de 97 árvores após forte chuva
A quarta-feira (8) será marcada por aumento de nebulosidade na faixa leste do estado e o retorno da chuva entre o fim da tarde e o início da noite. A maior quantidade de nuvens não deixa a temperatura subir muito. Mínima de 20ºC e máxima de 28ºC, enquanto as taxas de umidade do ar variam entre 55% e 95%.
Fonte: Último Segundo/Brasil/Outros


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email