Carnaval: Vítimas com acidente na Tuiuti seguem internadas; uma em estado grave

Carnaval: Vítimas com acidente na Tuiuti seguem internadas; uma em estado grave

Carnaval: Vítimas com acidente na Tuiuti seguem internadas; uma em estado grave

Carro da escola Paraíso do Tuiuti perdeu o controle na avenida e feriu 20 pessoas. Entre as hospitalizadas, uma vítima segue em estado grave


As vítimas do acidente com o carro alegórico da escola Paraíso do Tuiuti , na noite de domingo (26), que abriu os desfiles do Grupo Especial do carnaval do Rio de Janeiro, seguem internadas no Hospital Souza Aguiar. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, divulgada na tarde desta segunda-feira (27), uma das vítimas segue em estado grave. No total, 20 pessoas ficaram feridas no acidente. Três delas seguem internadas.
Estado das vítimas
Maria de Lurdes Maura Ferreira, de 58 anos, é quem apresenta o estado mais delicado entre as vítimas do acidente  na Sapucaí. Ela saiu do do setor de recuperação pós-cirúrgico e foi transferida para o CTI nesta segunda. Entretanto, Maria segue respirando com a ajuda de aparelhos e tem estado grave.

Elisabeth Jofre, de 55 anos, também se recupera de cirurgia e está no Centro de Terapia Intensiva. Ela apresenta, segundo a Secretaria de Saúde, quadro estável. A medida é preventiva, para que a equipe médica possa acompanhar de perto da evolução do quadro da mulher.
A terceira vítima internada é a fotógrafa Lúcia Regina de Mello Freitas, que teve uma fratura exposta na perna. Ela também já deixou o setor de recuperação de pós-operatório e está lúcida e orientada. É mais uma que seguirá para o CTI para ficar em observação.
Detalhes do acidente
A Paraíso do Tuiuiti abriu os desfiles da elite do carnaval carioca e vinha animando o público com o tema Tropicalismo. Entretanto, teve problemas com o último carro alegórico. A estrutura entrava na avenida quando não conseguiu fazer uma curva. Depois de uma manobra, o carro perdeu o controle e esmagou as pessoas que estavam na lateral da Sapucaí contra a grade de proteção.
Os primeiros atendimentos às vítimas foram feitos ali mesmo no local do acidente e os feridos mais graves foram encaminhados ao hospital no centro do Rio de Janeiro. Peritos analisaram o local e o carro e a grade no lugar na batida precisou ser cortada.

Com o acidente, a escola, que havia acabado de subir para o Grupo Especial do carnaval do Rio de Janeiro, perdeu o ritmo e ficou com espaço na avenida.
Fonte: Último Segundo/Carnaval/Ig. São Paulo


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email