Sorria, você está no Instagram: as polêmicas contas de ditadores no aplicativo

Sorria, você está no Instagram: as polêmicas contas de ditadores no aplicativo

Sorria, você está no Instagram: as polêmicas contas de ditadores no aplicativo

Além do presidente sírio, mandatários aparecem em perfis que revelam um olhar um tanto quanto “diferente” da realidade vista nos noticiários


Sorrisos, abraços, poses de pessoas populares e amadas: essas são algumas das imagens possíveis de se encontrar em contas do Instagram de alguns dos líderes mundiais que, no mínimo, são polêmicos. Mesmo em meio à guerra que dura mais de cinco anos em seu país, que já deixou centenas de milhares de mortos, Bashar al-Assad aparece em fotos abraçando mulheres, rindo e demonstrando uma suposta empatia pela dor da população.

Além do presidente sírio, outros ditadores aparecem em perfis do Instagram que revelam um olhar um tanto quanto “diferente” da realidade vista nos noticiários. É interessante notar que, mesmo com a morte de milhares de pessoas sob sua responsabilidade ou após revelações polêmicas de homicídio – como é o caso de Assad e do líder filipino Rodrigo Duterte, respectivamente -, eles continuam sorrindo para as câmeras, demonstrando uma frieza que não pode passar despercebida.

Aqui vão algumas contas de presidentes que são, no mínimo, curiosas.
Bashar al-Assad
O presidente sírio Bashar al-Assad ocupa o cargo desde julho de 2000, quando entrou para substituir seu pai, que também permaneceu à frente do país por três décadas. Há seis anos, o ditador enfrenta uma guerra que exterminou cidades históricas e matou cerca de 400 mil pessoas, segundo os últimos levantamentos realizados no ano passado.
Em meio a polêmicas sobre seu governo e a repressão em massa contra manifestantes pró-rebeldes na guerra recente, responsável por assassinar civis, e com as Relações Exteriores estremecidas com nações poderosas, como os Estados Unidos, o Canadá e membros da União Europeia, Assad, porém, é um sorridente presidente na conta do Insta “Syrian Presidency”.
Rodrigo Duterte
“#goodvibes only!”: ou, em português, “boas vibrações apenas”. Esta é a descrição da bio do ditador das Filipinas, Rodrigo Duterte, no aplicativo. Poderia ser fofo (ou clichê) para alguém comum, mas é bem cínico vindo de um presidente que declarou à imprensa já ter assassinado uma pessoa, arremessando-a de um helicóptero – e alguém que defendeu a morte de usuários de drogas em território filipino. Com certeza, isso está mais para #badvibesonly (más vibrações).

Desde que tomou posse em junho de 2016, uma média de 13 pessoas por dia foram abatidas publicamente por “assassinos mascarados”, foram mortas pela polícia sem qualquer tipo de investigação. Também são encontrados “cadáveres não identificados nas ruas”, embrulhados em fitas com placas dizendo coisas como: “não me siga, sou um criminoso”. O mandatário filipino, inclusive, já afirmou publicamente que concederá perdão aos policiares e a qualquer pessoa que matar usuários de drogas e traficantes.

A conta do Insta dedicada ao presidente não é ele quem faz – claro. É um perfil em inglês com algumas notícias acerca de seu governo. Mas, como você pode imaginar, sob um ponto de vista bastante positivo.
Ramzan Kadyrov
Se você olha as fotos do perfil do líder da República da Chechênia, pode pensar que se trata de um cara barbudo amante de esportes e de um cachorro chamado “Tarzan”. Mas, Kadyrov tem histórias sombrias por detrás das fotos e vídeos sorridentes: ele é acusado de organizar o assassinato do dissidente anti-Putin, Boris Nemtsov. Aliás, é apontado como “pupilo” do presidente russo. Além disso, supostamente existem vídeos que o mostram decapitando um punhado de soldados durante a Segunda Guerra Chechena.
As informações mais relevantes sobre o mandatário do país é de que se trata de um “maníaco obsessivo homicida” que está mata desde a pós-puberdade. No entanto, de alguma forma, ele mantém um dos perfis do Instagram mais curtidas – com nada menos que 2,5 milhões de seguidores – e “envolventes” entre os chefes de Estado mundiais.
Fonte: Último Segundo/Mundo/Ig. São Paulo


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email