Imagens reforçam relato de agressão a garoto morto e Habib’s afasta funcionários

Imagens reforçam relato de agressão a garoto morto e Habib's afasta funcionários

Imagens reforçam relato de agressão a garoto morto e Habib’s afasta funcionários

Na gravação, o jovem aparece desacordado, sendo arrastado e jogado no chão; para os policiais, já não há mais dúvidas de que o jovem foi agredido


Dois funcionários do Habib’s investigados pela polícia por agredir João Victor Souza de Carvalho, de 13 anos, que foi morto na noite do último domingo (26), foram afastados pela empresa. A morte aconteceu próximo à unidade localizada Avenida Itaberaba, na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte de São Paulo.
A decisão do Habib’s pelo afastamento dos funcionários aconteceu após a divulgação de imagens de câmeras de segurança. Na gravação, o jovem aparece desacordado, sendo arrastado e, posteriormente, jogado no chão. A investigação ainda apura se a morte do garoto aconteceu em decorrência das agressões.
Para os policiais, que fazem a investigação no 28º DP (Freguesia do Ó), já não há mais dúvidas de que o jovem foi agredido, desqualificando as versões da história apresentadas por um supervisor e um gerente da unidade. Eles haviam afirmado que João Victor estaria com um pedaço de madeira em mãos ameaçando os clientes e que teria corrido após ser repreendido.

Relembre o caso
Depois da morte de João Victor, familiares da vítima protestaram em frente à unidade da empresa e pediram justiça. Segundo eles, o adolescente foi violentamente repreendido por estar no local pedindo dinheiro aos clientes da rede.
De acordo com o que foi informado pela Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Militar foi acionada por volta das 19h do domingo (26) para atender uma ocorrência de agressão. Ao chegar no local, o garoto estava sendo atendido pelo SAMU, pois, segundo relatos de testemunhas, após toda a confusão, ele saiu correndo da loja e caiu no meio da rua logo em seguida.
No boletim de ocorrência registrado no 13º Distrito Policial da Casa Verde, na Zona Norte, o gerente e o supervisor da unidade afirmaram que o garoto pedia comida aos clientes quando começou a apresentar “comportamento alterado” e que, em determinados momentos, o adolescente chegou a ameaçar clientes e até a quebrar janelas do restaurante.

Ainda de acordo com o que foi registrado no boletim, os seguranças do Habib’s teriam intervindo e o garoto teria simplesmente caído desacordado. O SAMU foi acionado para fazer o resgaste, mas João Victor teve uma parada cardíaca enquanto era encaminhado para o pronto-socorro do hospital Mandaqui, na zona norte.
Fonte: Último Segundo/Brasil/Ig. São paulo


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email