Vestidos como Einstein, canadenses entram para o livro Guinness e lançam prêmio

Vestidos como Einstein, canadenses entram para o livro Guinness e lançam prêmio

Vestidos como Einstein, canadenses entram para o livro Guinness e lançam prêmio

Evento reuniu 404 pessoas para anunciar a competição “Next Einstein”, que paga mais de R$ 23 mil pela melhor ideia para ajudar o planeta


Recordes foram feitos para serem quebrados. Na última terça-feira, a velha máxima foi colocada em prática por 404 canadenses, das mais variadas idades, reunidos em Toronto para entrar no Livro Guinness como a maior concentração de pessoas fantasiadas de Albert Einstein. A marca anterior, solenemente esmagada, era de 99 participantes.
Além de festejar o legado do maior gênio da física no século 20 – e render fotos ótimas –, o encontro também serviu como plataforma de lançamento para a edição 2017 da competição online “Next Einstein” (“O Próximo Einstein ”). Segundo o site oficial da iniciativa, sua missão é descobrir ideias que possam tornar o mundo um lugar melhor. Além disso, ela pretende “celebrar as mentes empreendedoras que inspiram a próxima geração de gênios”.

Criada em 2013, a premiação deste ano já está aberta e receberá as ideias dos interessados em participar até o dia 25 de abril. Para tanto, é preciso fazer um cadastro no site oficial  e enviar suas sugestões. Não há limite para o número de grandes sacadas. Além disso, uma página no Facebook  seguirá atualizando os competidores sobre o evento, que terá seu grande vencedor anunciado no dia 6 de junho. Ele levará um prêmio em dinheiro equivalente a R$ 23,4 mil (ou 10 mil dólares canadenses).

Para participar do encontro realizado nesta semana em Toronto, os cosplayers tiveram de seguir à risca o inconfundível estilo do pai da Teoria da Relatividade: terno, gravata, bigodão e longos cabelos brancos, cuidadosamente desarrumados. Fotos divertidas, como as que você vê nesta página, passaram a ser compartilhadas nas redes sociais logo depois do encontro.
Em entrevista à rede de TV local CBC , dois estudantes do oitavo ano de Toronto revelaram seus planos para faturar a competição do “Next Einstein”. A ideia da dupla é criar um sistema de detecção de movimento a ser instalado no exterior de uma casa. Ao notar a presença de algum estranho, ele acionaria um holograma no interior da casa, que daria a ilusão de que alguém está lá dentro. Eu compraria.
Fonte: Último Segundo/Mundo/Ig. São paulo


Tags: , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email