Corinthians, Flamengo, Atlético-MG e Chape são campeões estaduais; veja resumo

Corinthians, Flamengo, Atlético-MG e Chape são campeões estaduais; veja resumo

Corinthians, Flamengo, Atlético-MG e Chape são campeões estaduais; veja resumo

Confira como foram as decisões dos principais campeonatos estaduais pelo Brasil; Vitória, Coritiba e Goiás também se sagraram campeões; Inter perdeu


Em mais um tradicional domingo de futebol, foram conhecidos os campeões dos principais campeonatos estaduais do Brasil. Corinthians, Flamengo, Atlético Mineiro, Chapecoense, Coritiba, Vitória e Goiás são alguns dos times que soltaram o grito já no início da temporada de 2017.
Leia também: Para Zidane, Cristiano Ronaldo deve ganhar a quinta Bola de Ouro: “Está próximo”
Confira abaixo como foram as decisões dos estaduais pelo Brasil com um breve resumo de cada partida do Paulistão, Carioca, Mineiro, Paranaense, Catarinense, Baiano e Goiano. Teve até campeão decidido somente nos pênaltis.
Campeonato Paulista
Jogo de ida: Ponte Preta 0 x 3 Corinthians, no Moisés Lucarelli
Jogo de volta: Corinthians 1 x 1 Ponte Preta, na Arena Corinthians
O Corinthians entrou em campo com uma vantagem enorme, a maior entre os principais estaduais, e, 40 anos depois da lendária decisão de 1977 contra a própria Ponte Preta, conquistou o seu 28º título Paulista.
Após um primeiro tempo amarrado, Jadson aproveitou saída de bola errada de Fernando Bob e achou Romero livre. O paraguaio chutou, Aranha defendeu, mas no rebote ele não desperdiçou. Com Marllon, aos 40, a Ponte ainda empatou a partida, mas já era muito tarde. Final: Corinthians campeão e festa dos mais de 46 mil torcedores presentes na Arena.
Campeonato Carioca
Jogo de ida: Fluminense 0 x 1 Flamengo, no Maracanã
Jogo de volta: Flamengo 2 x 1 Fluminense, no Maracanã
O Fluminense precisava de pelo menos um gol para levar a decisão para os pênaltis e começou a partida com tudo. Logo aos três minutos, Henrique Dourado, o ceifador, aproveitou bola cruzada na área e fez para o tricolor carioca.
Boas chances foram criadas para ambos os lados ainda na primeira etapa, mas só no segundo tempo a bola balançou o barbante do Maracanã novamente. Aos 39, Gabriel cobrou escanteio, Réver ganhou de Henrique e cabeceou para boa defesa de Cavalieri, na sobra, porém, estava Guerrero, que fuzilou de pé esquerdo para deixar tudo igual.
Com 1 a 1, o Flamengo já era campeão, mas com o Fluminense todo no ataque, o rubro-negro ainda virou a partida com Rodinei, aos 50 minutos, em rápido contra-ataque. Ainda deu tempo do goleiro do Flu ser expulso após falta em Rodinei. Final: Flamengo campeão pela 34ª vez para mais de 68 mil torcedores no Maracanã.
Campeonato Mineiro
Jogo de ida: Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG, no Mineirão
Jogo de volta: Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro, no Independência
O Atlético-MG começou o clássico contra o Cruzeiro com a vantagem de poder empatar para ser campeão, já que teve melhor campanha. Mas Fred e Robinho parecia que não sabiam disso. Logo aos 12 minutos, o camisa 7 recebeu do centroavante dentro da área e só empurrou para o fundo do gol.
No segundo tempo, Ábila, muito ligado, aproveitou cruzamento de Rafinha, dominou no peito, girou e finalizou com muito estilo, de voleio para deixar tudo igual. Aos 24, Elias jogou água no chope e esfriou as chances cruzeirenses, que precisavam virar a partida para ser campeão. Final: Atlético-MG campeão estadual pela 44ª vez.
Campeonato Gaúcho
Jogo de ida: Internacional 2 x 2 Novo Hamburgo, no Beira-Rio
Jogo de volta: Novo Hamburgo 1 (3) x (1) 1 Internacional
O Novo Haburgo surpreendeu ao empatar com o Internacional no primeiro jogo em pleno Beira-Rio e começou a partida decisiva com tudo. Logo aos 21 do primeiro tempo, Ernando tentou afastar, mas fez contra a própria meta. A reação do colorado veio só no segundo tempo.
Logo aos três minutos, D’Alessandro recebeu na direita e cruzou, após disputa, a bola sobrou para Rodrigo Dourado estufar as redes. A partida terminou empatada e a decisão foi para os pênaltis e aí brilhou a parte azul em Caxias do Sul. Com três pênaltis desperdiçados, entre eles o do camisa 10, o Inter foi superado por 3 a 1 e não conseguiu o heptacampeonato estadual. Bom para o Novo Hamburgo, que pôde gritar campeão pela primeira vez na história

Fonte: Último Segundo/Esporte/Ig. São paulo


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email